Query Service Guia da interface do usuário

Última atualização em 2023-05-24
  • Tópicos
  • Queries
    Exibir mais informações sobre este tópico
  • Criado para:
  • Developer
    User
    Admin
    Leader

O ADOBE EXPERIENCE PLATFORM Query Service O fornece uma interface que pode ser usada para gravar e executar consultas, exibir consultas executadas anteriormente e acessar consultas salvas por usuários em sua organização. Para acessar a interface do usuário no Adobe Experience Platform, selecione Consultas no painel de navegação esquerdo.

Query Editor

A variável Query Editor permite gravar e executar consultas sem usar um cliente externo. Selecionar Criar consulta para abrir o Query Editor e crie uma nova query. Você também pode acessar a variável Query Editor selecionando uma consulta no campo Log ou Modelos guias. Selecionar uma consulta executada ou salva anteriormente abrirá a variável Query Editor e exibir o SQL para a consulta selecionada.

O painel Consultas com Criar consulta realçado.

Query Editor O fornece um espaço de edição onde você pode começar a digitar uma query. À medida que você digita, o editor preenche automaticamente as palavras reservadas SQL, as tabelas e os nomes de campo dentro das tabelas. Quando terminar de escrever o query, selecione o Reproduzir botão para executar a consulta. A variável Console abaixo do editor mostra o que Query Service está fazendo no momento, indicando quando uma consulta foi retornada. A variável Resultado , ao lado do Console, exibe os resultados da consulta. Consulte a Guia do Editor de consultas para obter mais informações sobre como usar o Query Editor.

Uma ampliação tendo em conta a Query Editor.

Consultas programadas

As consultas que já foram salvas como um modelo podem ser agendadas para execução em uma cadência regular. Ao agendar uma consulta, você pode escolher a frequência de execuções, as datas de início e término, o dia da semana em que a consulta agendada é executada, bem como o conjunto de dados para o qual exportar a consulta. Os agendamentos de consulta são definidos com o Editor de consultas.

Para saber como agendar um query por meio da interface, consulte guia de consultas programadas. Para saber como adicionar agendas usando a API, leia o guia de endpoint de consultas programadas.

Depois que um query for agendado, ele aparecerá na lista de consultas agendadas no Consultas programadas guia. Detalhes completos sobre a consulta, execuções, criador e horários podem ser encontrados selecionando uma consulta agendada na lista.

O espaço de trabalho Consultas com a guia Consultas agendadas destacada e exibindo linhas de agendamentos de consulta.

Coluna Descrição
Nome O campo name é o nome do template ou os primeiros caracteres da query SQL. Qualquer consulta criada por meio da interface do usuário com o Editor de consultas é nomeada no início. Se a consulta foi criada por meio da API, o nome da consulta é um trecho do SQL inicial usado para criar a consulta.
Modelo O nome do modelo da consulta. Selecione um nome de modelo para navegar até o Editor de consultas. O modelo de consulta é exibido no Editor de consultas para conveniência. Se não houver nome do modelo, a linha será marcada com um hífen e não haverá capacidade de redirecionar para o Editor de consultas para exibir a consulta.
SQL Um trecho da consulta SQL.
Frequência de execução Esta é a cadência na qual sua consulta está definida para execução. Os valores disponíveis são Run once e Scheduled. As consultas podem ser filtradas de acordo com a frequência de execução.
Criado por O nome do usuário que criou a consulta.
Criado O carimbo de data e hora quando a consulta foi criada, em formato UTC.
Carimbo de data/hora da última execução O carimbo de data e hora mais recente quando a consulta foi executada. Esta coluna destaca se uma consulta foi executada de acordo com seu agendamento atual.
Status da última execução O status da execução de consulta mais recente. Os três valores de status são: successful failed ou in progress.

Consulte a documentação para obter mais informações sobre como monitorar consultas por meio da interface do Serviço de consulta.

Modelos

A variável Modelos A guia mostra consultas salvas por usuários em sua organização. É útil imaginá-los como projetos de consulta, já que as consultas salvas aqui ainda podem estar em construção. Consultas exibidas na Modelos também são exibidas como consultas de execução na Log se tiverem sido executados anteriormente por Query Service.

Uma exibição ampliada da guia Modelos do painel de consultas exibindo várias consultas salvas.

Coluna Descrição
Nome O campo name é o nome da consulta criada pelo usuário ou os primeiros caracteres da consulta SQL. Qualquer consulta criada por meio da interface do usuário com o Editor de consultas é nomeada no início. Se a consulta foi criada por meio da API, o nome da consulta é um trecho do SQL inicial usado para criar a consulta. Você pode selecionar o nome da consulta para abrir a consulta na Query Editor. Também é possível usar a barra de pesquisa para pesquisar a variável Nome de uma consulta. As pesquisas diferenciam maiúsculas de minúsculas.
SQL Os primeiros caracteres da consulta SQL. Passar o mouse sobre o código exibe a consulta completa.
Modificado por O último usuário que modificou a consulta. Qualquer usuário da organização com acesso ao Query Service é possível modificar consultas.
Última modificação A data e a hora da última modificação no query, no fuso horário do navegador.

Consulte a modelos de consulta para obter mais informações sobre modelos na interface do usuário da Platform.

Log

A variável Log A guia fornece uma lista de consultas que foram executadas anteriormente. Por padrão, o log lista as consultas na cronologia reversa.

Uma exibição ampliada da guia Log do painel Consultas exibindo uma lista de consultas em ordem cronológica inversa.

Coluna Descrição
Nome O nome da consulta, que consiste nos primeiros caracteres da consulta SQL. Selecione o nome do modelo para abrir a Detalhes do log de consulta para essa execução. Você pode usar a barra de pesquisa para pesquisar pelo nome de uma consulta. As pesquisas diferenciam maiúsculas de minúsculas.
Hora de início A hora em que a consulta foi executada.
Tempo de conclusão A hora em que a execução da consulta foi concluída.
Status O status atual da consulta.
Conjunto de dados O conjunto de dados de entrada usado pela consulta. Selecione o conjunto de dados para acessar a tela de detalhes do conjunto de dados de entrada.
Cliente O cliente usado para a consulta.
Criado por O nome da pessoa que criou a consulta.

!![Note]
Selecione o ícone de lápis (Um lápis.) de qualquer linha do log de consulta para navegar até a Query Editor. A consulta é pré-preenchida para edição conveniente.

Consulte a documentação dos logs de consulta para obter mais informações sobre os arquivos de log gerados automaticamente por um evento de consulta.

Credenciais

A variável Credenciais exibe suas credenciais que expiram e que não expiram. Para obter mais informações sobre como usar essas credenciais para conexão com clientes externos, leia a guia de credenciais.

O painel Queries com a guia Credenciais é realçado.

Próximas etapas

Agora que você está familiarizado Query Service interface de usuário ativada Platform, você pode acessar Query Editor para começar a criar seus próprios projetos de consulta para compartilhar com outros usuários em sua organização. Para obter mais informações sobre criação e execução de consultas no Query Editor, consulte o Query Editor guia do usuário.

Nesta página