Configurações específicas da Web para transformação

Informações sobre configurações específicas da Web definidas nos arquivos de inclusão do conjunto de dados de transformação fornecidos com perfis do Adobe para o Site.

As condições, dimensões e parâmetros definidos por essas configurações são criados durante a fase de transformação da construção do conjunto de dados.

Condição de exibição de página

O Page View Condition é uma operação de condição que determina se uma entrada de log específica (ou seja, uma solicitação de página) deve ser incluída nos dados coletados sobre o histórico de exibição de página de um visitante. Quando a entrada de log satisfaz Page View Condition, ela se torna um elemento da dimensão contável Exibição de página . Se uma entrada de log não atender a Page View Condition, seus campos de dados ainda serão acessíveis por outras dimensões. Além da dimensão Exibição de página , as seguintes dimensões podem ser afetadas pelos resultados do Page View Condition:

  • URIe Page: essas dimensões são diretamente afetadas pelo Page View Condition. Se uma determinada página não passar Page View Condition, ela não será incluída nas dimensões URI ou Page .

  • Visitor Page Viewse Session Page Views: as dimensões Exibições de página do visitante e Exibições de página da sessão são uma contagem do número de páginas visualizadas por um visitante para ou em uma determinada sessão, respectivamente. As páginas filtradas pelo Page View Condition não fazem parte dessa contagem.

  • Número de sessão: o Page View Condition tem um efeito indireto na dimensão Número de sessão. A dimensão Número de sessão é criada antes de Page View Condition; portanto, ao considerar Session Number em relação ao Page Views, é possível ter sessões sem exibições de página.

Sua implementação padrão de Site inclui um arquivo Transformation Dataset Include no qual a dimensão contável Exibição de página e Page View Condition relacionadas são definidas.

Para obter informações sobre dimensões contáveis, consulte Dimension estendido.

Para editar as configurações da condição de Exibição de página

  1. Abra o Profile Manager no perfil do conjunto de dados e abra o arquivo Dataset\Transformation\Traffic\Page View.cfg .

    OBSERVAÇÃO

    Se você personalizou sua implementação de Site, o arquivo no qual essas configurações existem pode ser diferente do local descrito.

  2. Revise ou edite os valores dos parâmetros do Page View Condition conforme necessário. Use o exemplo a seguir como guia. Neste arquivo, o Page View Condition é definido por uma transformação Copy. Observe que esse arquivo também contém a definição da dimensão contável Exibição de página .

    OBSERVAÇÃO

    Para obter informações sobre dimensões contáveis, consulte Dimension estendido. Para obter informações sobre a transformação Copy, consulte Transformações de dados.

  3. Salve o arquivo clicando com o botão direito do mouse em (modified) na parte superior da janela e clique em Save.

  4. Para que as alterações feitas localmente tenham efeito, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > <profile name, onde o nome do perfil é o nome do perfil do conjunto de dados ou do perfil herdado ao qual pertence o arquivo de inclusão do conjunto de dados.

    OBSERVAÇÃO

    Não salve o arquivo de configuração modificado em nenhum dos perfis internos fornecidos pelo Adobe, pois as alterações são substituídas ao instalar atualizações nesses perfis.

Dimension do URI

Se você estiver trabalhando com Site, precisará definir a dimensão URI cujos elementos são os sistemas URI das páginas do site visualizadas. Sua implementação padrão inclui um arquivo Transformation Dataset Include no qual a dimensão simples de URI é definida.

Para obter informações sobre dimensões simples, consulte Dimension estendido.

Para editar as configurações da dimensão URI

  1. Abra o Profile Manager no perfil do conjunto de dados e abra o arquivo Dataset\Transformation\Traffic\URI.cfg .

    OBSERVAÇÃO

    Se você personalizou sua implementação de Site, o arquivo no qual essas configurações existem pode ser diferente do local descrito.

  2. Revise ou edite os valores dos parâmetros do arquivo, conforme desejado. Use o exemplo a seguir e as informações como guias.

As configurações da dimensão URI incluem os dois parâmetros a seguir:

  • Diferenciação de maiúsculas e minúsculas: verdadeiro ou falso. Se verdadeiro, letras maiúsculas e minúsculas são consideradas na identificação de páginas exclusivas. O valor padrão é true.

  • Elementos máximos: o número máximo de elementos (ou seja, URIs) para a dimensão URI. O valor padrão é 32768.

    OBSERVAÇÃO

    Alterar esse valor pode causar sérios problemas de desempenho. Não altere esse valor sem consultar o Adobe.

  • Salve o arquivo URI.cfg clicando com o botão direito do mouse em (modified) na parte superior da janela e, em seguida, clique em Save.

  • Para que as alterações feitas localmente tenham efeito, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > <profile name, onde o nome do perfil é o nome do perfil do conjunto de dados ou do perfil herdado ao qual pertence o arquivo de inclusão do conjunto de dados.

    OBSERVAÇÃO

    Não salve o arquivo de configuração modificado em nenhum dos perfis internos fornecidos pelo Adobe, pois as alterações são substituídas ao instalar atualizações nesses perfis.

Dimension do referenciador

Se estiver trabalhando com Site, será necessário definir a dimensão Referenciador cujos elementos consistem nos domínios de segundo nível dos referenciadores das primeiras entradas de log em todas as sessões. Sua implementação padrão inclui um arquivo Transformation Dataset Include no qual a dimensão simples do Referenciador é definida.

Para obter informações sobre dimensões simples, consulte Dimension estendido.

Para editar as configurações da dimensão Referenciador

  1. Abra o Profile Manager no perfil do conjunto de dados e abra o arquivo Dataset\Transformation\Traffic\Referrer.cfg .

    OBSERVAÇÃO

    Se você personalizou sua implementação de Site, o arquivo no qual essas configurações existem pode ser diferente do local descrito.

  2. Revise ou edite os valores dos parâmetros do arquivo, conforme desejado. Use o exemplo a seguir e as informações como guias.

    As configurações da dimensão Referenciador incluem o parâmetro Elementos Máximos, que especifica o número máximo de elementos (ou seja, referenciadores) para a dimensão Referenciador. O valor padrão é 32768.

    OBSERVAÇÃO

    No exemplo acima, o parâmetro Maximum Elements é definido como 0. Quando esse parâmetro é definido como 0, o servidor do Data Workbench usa seu valor padrão interno de 32768.

  3. Salve o arquivo Referrer.cfg clicando com o botão direito do mouse em (modified) na parte superior da janela e, em seguida, clique em Save.

  4. Para que as alterações feitas localmente tenham efeito, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > <profile name, onde o nome do perfil é o nome do perfil do conjunto de dados ou do perfil herdado ao qual pertence o arquivo de inclusão do conjunto de dados.

    OBSERVAÇÃO

    Não salve o arquivo de configuração modificado em nenhum dos perfis internos fornecidos pelo Adobe, pois as alterações são substituídas ao instalar atualizações nesses perfis.

Parâmetros da sessão

Se você estiver trabalhando com Site, poderá especificar parâmetros que definem os limites da sessão de um visitante em um site. Esses parâmetros são válidos somente quando definidos em um arquivo Transformation Dataset Include em sua implementação Site.

Os parâmetros a seguir são exclusivos, pois podem ser membros do Transformation Dataset Include vetor Parameters do arquivo ou podem ser listados como parâmetros individuais no arquivo Transformation.cfg. Um parâmetro pode ser definido exatamente uma vez, de modo que esses parâmetros sejam definidos no arquivo Transformation.cfgou no vetor Parameters do arquivo de inclusão do conjunto de dados - não em ambos os arquivos.
Duração máxima da sessão e Tempo limite da sessão

Duração máxima da sessão e Tempo limite da sessão são parâmetros de string que definem a duração da sessão de um visitante. Esses parâmetros funcionam com o parâmetro Domínios internos para determinar a duração da sessão.

Duração máxima da sessão especifica a duração mais longa da sessão antes de uma nova sessão ser iniciada. Isso mantém as páginas da Web que têm atualização automática de conteúdo da criação de sessões que são arbitrariamente longas. Se o referenciador de um clique for definido como uma das entradas no parâmetro Domínios internos, esse tempo limite será usado para definir o fim de uma sessão. Nenhuma sessão pode ser maior do que a Duração máxima da sessão especificada, independentemente de quantos cliques ela contém. O valor recomendado é de 48 horas.

O Tempo limite da sessão especifica a quantidade de tempo que precisa ser passada entre as entradas de log de um determinado visitante para determinar o fim de uma sessão e o início de uma nova sessão (ou seja, o tempo limite típico usado para definir uma sessão de usuário). O valor recomendado desse parâmetro é de 30 minutos. Se o referenciador de um clique não estiver definido como um dos referenciadores no parâmetro Domínios internos, esse tempo limite será usado para definir a sessão. Se cs(referrer-domain) para uma entrada de log estiver na lista de domínios internos, a Duração máxima da sessão determinará se a entrada de log atual faz parte de uma sessão existente ou se inicia uma nova sessão.

Considere uma situação em que um visitante é chamado de fora do computador por um período maior que o Tempo limite da sessão enquanto está no meio da navegação no site. Ao voltar, ele continua navegando onde parou. Como o visitante nunca sai do site ou fecha seu navegador, o cs(referrer-domain) desse próximo clique é o mesmo que o domínio interno e sua sessão original permanece ativa, desde que a configuração Duração máxima da sessão não seja alcançada. Se o domínio do site for listado como um domínio interno e o tempo limite máximo não for atingido, a interação do visitante será exibida como uma única sessão e não como duas sessões separadas. No entanto, se o visitante retornar ao computador e o próximo clique tiver um referenciador externo (ou em branco), uma nova sessão será iniciada.

OBSERVAÇÃO

A Sessionize transformação Timeout Condition também desempenha um papel na determinação da duração de uma sessão do visitante. Se Tempo limite da sessão e Duração máxima da sessão não se aplicarem, Timeout Condition é verificado para determinar se uma entrada de log deve ser considerada o início de uma nova sessão. Para obter mais informações, consulte Transformações de dados.

Para editar os parâmetros Duração máxima da sessão e Tempo limite da sessão

Se você estiver trabalhando com Site, sua implementação padrão provavelmente incluirá um arquivo Transformation Dataset Include no qual os nomes e os valores recomendados desses parâmetros serão especificados.

  1. Abra o Profile Manager no perfil do conjunto de dados e vá para Dataset\Transformation\Traffic\Session Parameters.cfg.

    OBSERVAÇÃO

    Se você personalizou a implementação de Site, o arquivo no qual esses parâmetros são definidos pode ser diferente do local descrito.

  2. Edite os valores dos parâmetros conforme desejado. Certifique-se de especificar as unidades desejadas (minutos, horas e assim por diante).

  3. Salve o arquivo Session Parameters.cfg clicando com o botão direito do mouse em (modified) na parte superior da janela e clicando em Save.

  4. Para que as alterações feitas localmente tenham efeito, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > profile name, onde o nome do perfil é o nome do perfil do conjunto de dados ou do perfil herdado ao qual pertence o arquivo de inclusão do conjunto de dados.

    OBSERVAÇÃO

    Não salve o arquivo de configuração modificado em nenhum dos perfis internos fornecidos pelo Adobe, pois as alterações são substituídas ao instalar atualizações nesses perfis.

Internal Domains

Internal Domains é um parâmetro de vetor que lista hosts de nível de domínio (referenciadores internos) que devem ser tratados como parte de um site específico. Esses hosts são removidos da dimensão do referenciador (que é uma lista das informações externas do referenciador). Quando cs(referrer-domain) corresponde a qualquer uma das strings listadas no conjunto de domínios internos, o Tempo limite da sessão é ignorado e a Duração máxima da sessão é usada para determinar a duração da sessão.

O parâmetro de Domínios internos também pode ser usado para impedir o início de uma nova sessão quando os visitantes se movem entre os vários domínios associados de uma empresa, de forma a exceder o tempo limite da sessão. Por exemplo, considere uma empresa que tem partes de seu site divididas em dois domínios: um é registrado ( xyz.com) e o outro não é registrado ( xyz-unlogged.com). Se esses sites forem integrados de forma a facilitar a movimentação contínua de tráfego entre os dois domínios, não é desejável gerar uma sessão diferente sempre que o visitante se mover do domínio xyz-unlogged.com de volta para o domínio xyz.com. Listar xyz-unlogged.com como um domínio interno impede que as sessões sejam divididas em várias sessões como resultado do tráfego nesses dois domínios, desde que a configuração Duração máxima da sessão não seja alcançada.

Para adicionar um domínio interno

Se você estiver trabalhando com Site, sua implementação padrão incluirá um arquivo Transformation Dataset Include para definir o parâmetro Domínios internos . Nesse arquivo, o parâmetro é nomeado; basta inserir os domínios internos que deseja incluir e salvar o arquivo atualizado.

  1. Abra o Profile Manager no perfil do conjunto de dados e vá para Dataset\Transformation\Traffic\Internal Domains.cfg.

    OBSERVAÇÃO

    Se você personalizou a implementação de Site, o arquivo no qual o parâmetro de Domínios internos é definido pode ser diferente do local descrito.

  2. Clique com o botão direito do mouse Value para o parâmetro de vetor de Domínios internos e clique em Add new > Value.

  3. Edite os valores conforme desejado.

  4. Salve o arquivo Internal Domains.cfg clicando com o botão direito do mouse em (modified) na parte superior da janela e clicando em Save.

  5. Para que as alterações feitas localmente tenham efeito, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > <profile name, onde o nome do perfil é o nome do perfil do conjunto de dados ou do perfil herdado ao qual pertence o arquivo de inclusão do conjunto de dados.

    OBSERVAÇÃO

    Não salve o arquivo de configuração modificado em nenhum dos perfis internos fornecidos pelo Adobe, pois as alterações são substituídas ao instalar atualizações nesses perfis.

Nesta página