Referenciais

Os benchmarks exibem diferenças qualitativas nos dados, comparando a distribuição de uma métrica com base em todos os dados com a distribuição de uma métrica com base em uma seleção nos dados.

Eles fornecem uma referência rápida do comportamento normal, ilustrando como seria uma visualização se nenhuma seleção fosse feita. As diferenças nos dados são baseadas em valores relativos, não em valores absolutos.

OBSERVAÇÃO

Os benchmarks podem representar diferenças nos dados para o conjunto de dados ou para qualquer subconjunto de dados criado. Para obter mais informações sobre subconjuntos, consulte Trabalhar com subconjuntos.

Os gráficos a seguir mostram as sessões em um site por dia da semana e hora do dia. A visualização à esquerda fornece uma boa representação do padrão que o tráfego do site leva ao longo do tempo. Para comparar o padrão geral de tráfego do site com o padrão de tráfego nos finais de semana, você selecionaria sábado e domingo no gráfico Sessões por dia de semana , como mostrado na visualização à direita.

Depois que uma seleção é feita, os benchmarks (as linhas verticais em branco finas destacadas acima) aparecem no gráfico Sessões por hora do dia à direita. A partir dos benchmarks, podemos observar que o padrão de tráfego nos finais de semana em comparação ao padrão geral de tráfego geralmente inclui menos sessões anteriormente no dia (08:00 às 11:00).

A Visualização de radar também é útil para analisar benchmarks. Consulte Visualização de radar.

Nesta página