Configurar um mapa de processos

Os mapas de processos podem ser configurados para funcionar com qualquer combinação de dimensão base, dimensão de grupo, dimensão de nível e métrica que faça sentido para seu aplicativo e conjunto de dados.

Depois de configurar um mapa de processos, ele é listado com outros mapas de processos no Add Visualization menu.

  1. No Profile Manager, clique em Menu, clique em Add Visualization, em seguida, clique no tipo de mapa de processos que deseja configurar (Mapa de Métricas 2D, Mapa de Processos 2D ou Mapa de Processos 3D).

    Pelo menos um arquivo *.vw reside no diretório.

  2. Clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo desejado e clique em Make Local.

  3. Clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Open > in Notepad.

  4. Edite os parâmetros do arquivo usando o arquivo de amostra e a tabela a seguir como guias:

    window = simpleBorderWindow: 
      client = processMap: 
        Traffic Metric = ref: wdata/model/metric/metric name
        center = v3d: (-0.741014, 0, 0.0639476)
        color_links = bool: true
        Map = PrefixDim: 
          Name = string: Map
          Base Dimension = ref: wdata/model/dim/base dimension name
          Element Prefixes = vector: 0 items
          Element Names = vector: 0 items
        Map Level = ref: wdata/model/dim/level dimension name
        Map Group = ref: wdata/model/dim/group dimension name
        node_label = vector<bool>: 
        node_positions = vector: 0 items
        quantify_links = int: 2
        range = double: 2.37386
        size = v3d: (430, 290, 0)
        xAxisMetric = ref: wdata/model/metric/metric name for metric map
      pos = v3d: (880, 595, 0)
      size = v3d: (430, 309, 0)
    
Para este parâmetro... Fornecer essas informações...

Nome da métrica

O nome da métrica cujo valor para um determinado nó é proporcional ao tamanho do nó.

Nome da dimensão base

O nome da dimensão cujos elementos aparecem como nós no mapa de processos.

Nome da dimensão de nível

O nome do nível (pai) da dimensão base cujos elementos você arrasta para o mapa de processos.

Nome da dimensão do grupo

O nome da dimensão que determina como os elementos da dimensão de nível são agrupados para formar as conexões entre nós. Uma conexão entre dois nós não pode estender mais de um elemento de uma dimensão de grupo. Ao fazer uma seleção com base em um nó em um mapa de processos, você está selecionando todos os elementos da dimensão de grupo que envolveu esse nó.

Nome da métrica para mapa de métricas

Esse parâmetro se aplica somente aos mapas de métrica 2D.

O nome da métrica cujo valor determina a posição horizontal dos nós no mapa.

OBSERVAÇÃO

Para obter mais informações sobre a dimensão base, a dimensão de grupo, a dimensão de nível e a métrica para um mapa de processos, consulte Mapas de processos.

  1. No Bloco de notas, clique em File > Save As para salvar o arquivo com um novo nome com base na dimensão base, ou seja, Nome da dimensão base.vw.

    (Se você estiver configurando um mapa de métrica 2D, deverá salvar o arquivo com um nome baseado no nome da métrica para o mapa de métrica, ou seja, Nome da métrica para mapa de métrica.vw.) Salve o arquivo no diretório apropriado do mapa de processos.

    OBSERVAÇÃO

    Para garantir que seu mapa de processos seja salvo como um arquivo *.vw, na janela Save As, defina o tipo Salvar como para Todos os arquivos.

  2. (Opcional) Para disponibilizar as alterações para todos os usuários do perfil de trabalho, no Profile Manager, clique com o botão direito do mouse na marca de seleção do arquivo na coluna User e clique em Save to > <working profile name.

Nesta página