Remoção de bot no Adobe Analytics

No Adobe Analytics, você tem várias opções para remover o tráfego de bot dos relatórios:

Usar regras de bot

Os métodos padrão e personalizados de filtragem de bots são compatíveis em Analytics > Administração > Conjuntos de relatórios > Editar configurações > Geral > Regras de bot:

Tipo de regra Descrição
Regras de bot IAB padrão Selecionar Ativar regras de filtragem de bots IAB usa a Lista internacional de spiders e bots (International Advertising Bureau's) da IAB para remover o tráfego de bot. A maioria dos clientes seleciona essa opção, no mínimo.
Regras de bot personalizadas Você pode definir e adicionar regras de bot personalizadas com base em agentes de usuário, endereços IP ou intervalos IP.

Para obter mais detalhes, consulte Visão geral das regras de bot.

Use o plug-in websiteBot para identificar bots

O plug-in websiteBot permite identificar dinamicamente se os visitantes do desktop são bots. Você pode usar esses dados para impulsionar uma maior precisão em todos os tipos de relatórios, o que oferece uma maneira melhor de medir o tráfego real no site.

Esse plug-in executa duas verificações:

  • Primeiro, determina se o dispositivo é um desktop ou um dispositivo móvel usando a variável navigator.UserAgent. Dispositivos móveis são ignorados.
  • Se for um dispositivo desktop, ele adiciona um ouvinte de evento para movimento do mouse.

Para obter mais informações, consulte o Manual de implementação do Adobe Analytics.

Usar uma combinação de ferramentas da Adobe

Além disso, como os bots estão se modificando rapidamente, a Adobe oferece vários outros recursos avançados que, quando combinados de forma adequada e regular, podem ajudar a remover esses inimigos da qualidade dos dados. Esses recursos são: Serviço da Experience Cloud ID, Segmentação, Data Warehouse, Atributos do cliente e Conjuntos de relatórios virtuais. Esta é uma visão geral de como você pode usar essas ferramentas.

Etapa 1: transmita a Experience Cloud ID dos seus visitantes para uma nova ID declarada

Para iniciar, crie uma nova ID declarada no Serviço principal de pessoas. Transmita a Experience Cloud ID do visitante para esta nova ID declarada, o que pode ser feito de forma rápida e fácil com o Adobe Experience Platform Launch. Vamos usar o nome "ECID" para a ID declarada.

Veja como essa ID pode ser capturada por meio do Elemento de dados. Preencha corretamente a Experience Cloud OrgID no Elemento de dados.

return Visitor.getInstance("REPLACE_WITH_YOUR_ECORG_ID@AdobeOrg").getExperienceCloudVisitorID();

Depois que esse elemento de dados for configurado, siga estas instruções para transmitir IDs para a ferramenta ECID no Adobe Launch.

Etapa 2: usar segmentação para identificar bots

Agora que a ECID do visitante foi transmitida para uma ID declarada, você pode usar a segmentação na Analysis Workspace para identificar os visitantes que atuam como bots. Os bots são frequentemente definidos pelo seu comportamento: visitas de acesso único, agentes de usuário incomuns, informações desconhecidas do dispositivo/navegador, nenhum referenciador, novos visitantes, páginas de aterrissagem incomuns etc. Use os potenciais de detalhamento e segmentação do Workspace para identificar os bots que escaparam da filtragem IAB e as regras de bot do conjunto de relatórios. Por exemplo, esta é uma captura de tela de um segmento que você pode usar:

Etapa 3: exportar tudo Experience Cloud IDs do segmento pelo Data Warehouse

Agora que você identificou os bots usando segmentos, a próxima etapa é usar o Data Warehouse para extrair todas as Experience Cloud IDs associadas a esse segmento. Esta captura de tela mostra como você deve configurar a solicitação do Data Warehouse:

Lembre-se de usar a ID de visitante da Experience Cloud como dimensão e aplicar o segmento "Bots".

Etapa 4: transmitir essa lista para a Adobe como um Atributo do cliente

Quando o relatório do Data Warehouse chegar, você terá uma lista de ECIDs que precisam ser filtradas dos dados históricos. Copie e cole esses ECIDs em um arquivo .CSV em branco com apenas duas colunas, ECID e Sinalizador de bot.

  • ECID: verifique se este cabeçalho de coluna corresponde ao nome que você deu à nova ID declarada acima.
  • Sinalizador de bot: adicione "Sinalizador de bot" como uma dimensão de esquema de Atributo do cliente.

Use esse arquivo .CSV como seu arquivo de importação do Atributo do cliente e assine os conjuntos de relatórios no Atributo do cliente, conforme descrito nesta publicação do blog.

Etapa 5: criar um segmento que aproveite o novo Atributo do cliente

Assim que o conjunto de dados for processado e integrado ao Analysis Workspace, crie mais um segmento que aproveita a nova dimensão de atributo de cliente "Sinalizador de bot" e um container Excluir:

Etapa 6: usar esse segmento como filtro do Conjunto de relatórios virtuais

Por fim, crie um Conjunto de relatórios virtuais que usa esse segmento para filtrar os bots identificados:

Esse conjunto de relatórios virtuais recém-segmentado resultará em um conjunto de dados mais limpo, com os bots identificados removidos.

Etapa 7: repita as etapas 2, 3 e 4 regularmente

Defina pelo menos um lembrete mensal para identificar e filtrar novos bots, talvez antes da análise programada regularmente.

Nesta página