Criar um Oracle Object Storage conexão básica usando o Flow Service API

Uma conexão base representa a conexão autenticada entre uma origem e o Adobe Experience Platform.

Este tutorial guiará você pelas etapas para criar uma conexão básica para Oracle Object Storage usando o Flow Service API.

Introdução

Este guia requer uma compreensão funcional dos seguintes componentes do Adobe Experience Platform:

  • Origens: o Experience Platform permite que os dados sejam assimilados de várias fontes e, ao mesmo tempo, fornece a capacidade de estruturar, rotular e aprimorar os dados recebidos usando os serviços da plataforma.
  • Sandboxes: o Experience Platform fornece sandboxes virtuais que particionam uma única instância da Platform em ambientes virtuais separados para ajudar a desenvolver aplicativos de experiência digital.

As seções a seguir fornecem informações adicionais que você precisará saber para se conectar com êxito ao Oracle Object Storage usando o Flow Service API.

Coletar credenciais necessárias

A fim de Flow Service para se conectar a Oracle Object Storage, você deve fornecer valores para as seguintes propriedades de conexão:

Credencial
Descrição
serviceUrl
A variável Oracle Object Storage endpoint necessário para autenticação. O formato do endpoint é: https://{OBJECT_STORAGE_NAMESPACE}.compat.objectstorage.eu-frankfurt-1.oraclecloud.com
accessKey
A variável Oracle Object Storage ID da chave de acesso necessária para autenticação.
secretKey
A variável Oracle Object Storage senha necessária para autenticação.
bucketName
O nome do bucket permitido é necessário se o usuário tiver acesso restrito. O nome do bucket deve ter entre três e 63 caracteres, deve começar e terminar com uma letra ou um número e pode conter apenas letras minúsculas, números ou hifens (-). O nome do bucket não pode ser formatado como um endereço IP.
folderPath
O caminho de pasta permitido é necessário caso o usuário tenha acesso restrito.
connectionSpec.id
A especificação de conexão retorna as propriedades do conector de uma origem, incluindo especificações de autenticação relacionadas à criação das conexões de base e de origem. A ID da especificação de conexão para Oracle Object Storage é: c85f9425-fb21-426c-ad0b-405e9bd8a46c.

Para obter mais informações sobre como obter esses valores, consulte a Guia de autenticação do Oracle Object Storage.

Uso de APIs da plataforma

Para obter informações sobre como fazer chamadas para APIs da Platform com êxito, consulte o manual em introdução às APIs da Platform.

Criar uma conexão básica

Uma conexão base retém informações entre sua origem e a Platform, incluindo as credenciais de autenticação da origem, o estado atual da conexão e sua ID de conexão base exclusiva. A ID de conexão básica permite explorar e navegar pelos arquivos de dentro da origem e identificar os itens específicos que deseja assimilar, incluindo informações sobre os tipos de dados e formatos.

Para criar um ID de conexão base, faça uma solicitação POST ao /connections ao fornecer sua Oracle Object Storage credenciais de autenticação como parte dos parâmetros de solicitação.

Formato da API

POST /connections

Solicitação

A solicitação a seguir cria uma conexão básica para Oracle Object Storage:

curl -X POST \
    'https://platform.adobe.io/data/foundation/flowservice/connections' \
    -H 'Authorization: Bearer {ACCESS_TOKEN}' \
    -H 'x-api-key: {API_KEY}' \
    -H 'x-gw-ims-org-id: {ORG_ID}' \
    -H 'x-sandbox-name: {SANDBOX_NAME}' \
    -H 'Content-Type: application/json' \
    -d '{
        "name": "Oracle Object Storage connection",
        "description": "Oracle Object Storage connection",
        "auth": {
            "specName": "Access Key",
            "params": {
                "serviceUrl": "{SERVICE_URL}",
                "accessKey": "{ACCESS_KEY}",
                "secretKey": "{SECRET_KEY}",
                "bucketName": "{BUCKET_NAME}",
                "folderPath", "{FOLDER_PATH}"
            }
        },
        "connectionSpec": {
            "id": "c85f9425-fb21-426c-ad0b-405e9bd8a46c",
            "version": "1.0"
        }
    }'
Propriedade
Descrição
auth.params.serviceUrl
A variável Oracle Object Storage endpoint necessário para autenticação.
auth.params.accessKey
A variável Oracle Object Storage ID da chave de acesso necessária para autenticação.
auth.params.secretKey
A variável Oracle Object Storage senha necessária para autenticação.
auth.params.bucketName
O nome do bucket permitido é necessário se o usuário tiver acesso restrito.
auth.params.folderPath
O caminho de pasta permitido é necessário caso o usuário tenha acesso restrito.
connectionSpec.id
A variável Oracle Object Storage ID de especificação da conexão: c85f9425-fb21-426c-ad0b-405e9bd8a46c.

Resposta

Uma resposta bem-sucedida retorna a ID de conexão da conexão recém-criada. Essa ID é necessária para explorar os dados de armazenamento na nuvem no próximo tutorial.

{
    "id": "4cb0c374-d3bb-4557-b139-5712880adc55",
    "etag": "\"6507cfd8-0000-0200-0000-5e18fc600000\""
}

Próximas etapas

Ao seguir este tutorial, você criou um Oracle Object Storage conexão usando o Flow Service e obtiveram sua ID de conexão exclusiva. Você pode usar essa ID de conexão para explorar armazenamentos em nuvem usando a API do Serviço de fluxo.

recommendation-more-help
337b99bb-92fb-42ae-b6b7-c7042161d089