Migração do Adobe Experience Platform Data Lake para Gen2

O Adobe Experience Platform está migrando para o Gen2 Data Lake. Esta é uma nova geração de data lake que oferece benefícios aos usuários da plataforma, como replicação de região geográfica, controles de acesso baseados em funções (RBAC) mais refinados e melhor dimensionamento.

Impacto do usuário

Enquanto o Adobe está migrando o Data Lake do Gen1 para o Gen 2, os usuários poderão ler do Data Lake, mas todos os recursos que gravar no Data Lake serão afetados. Veja abaixo uma lista de recursos afetados:

  • Fontes: Os dados provenientes das fontes e de vários workflows de assimilação de dados serão atrasados. Os usuários verão seus dados após a conclusão da migração.
  • Serviço de query: Os usuários podem realizar consultas, mas não poderão gravar a saída da consulta em um conjunto de dados.
  • Perfil do cliente em tempo real: Os dados assimilados ao armazenamento de perfil por meio de ​processamento em lote não estarão disponíveis durante a migração. No entanto, os dados assimilados por meio da assimilação de streaming estarão disponíveis durante a migração. Além disso, as exportações do perfil não estarão disponíveis durante a migração.
  • Data Science Workspace: As gravações do Data Science Workspace falharão.
  • Serviço de segmentação: Os públicos-alvo derivados da ​segmentação de lote não podem ser ativados durante a migração. Os públicos-alvo derivados da segmentação streaming não serão afetados.
  • Customer Journey Analytics: Os dados dos relatórios de Customer Journey Analytics podem estar desatualizados e não serão atualizados durante a migração, pois os lotes não estão sendo assimilados no Data Lake.

Comunicação com os usuários da plataforma

O Adobe entrará em contato com os administradores do sistema para discutir o impacto da migração em detalhes e confirmar as datas e horas de migração de determinadas organizações IMS.

Nesta página