Funções de mapeamento da preparação de dados

As funções de Preparação de dados podem ser usadas para calcular e calcular valores com base no que é inserido nos campos de origem.

Campos

Um nome de campo pode ser qualquer identificador legal - uma sequência ilimitada de letras e dígitos Unicode, começando com uma letra, o cifrão ($) ou o caractere sublinhado (_). Os nomes de variáveis também diferenciam maiúsculas de minúsculas.

Se um nome de campo não seguir esta convenção, o nome do campo deve ser envolvido com ${}. Assim, por exemplo, se o nome do campo for "Nome" ou "Nome.Nome", o nome deverá ser colocado como ${First Name} ou ${First.Name} respectivamente.

Além disso, se um nome de campo for any das seguintes palavras-chave reservadas, elas devem estar vinculadas a ${}:

new, mod, or, break, var, lt, for, false, while, eq, gt, div, not, null, continue, else, and, ne, true, le, if, ge, return

Os dados nos subcampos podem ser acessados usando a notação de pontos. Por exemplo, se houver um name para acessar o firstName campo , use name.firstName.

Lista de funções

As tabelas a seguir listam todas as funções de mapeamento compatíveis, incluindo expressões de amostra e suas saídas resultantes.

Funções de string

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
concat Concatena as strings fornecidas.
  • CADEIA DE CARACTERES: As cadeias de caracteres que serão concatenadas.
concat(STRING_1, STRING_2) concat("Olá, ", "lá", "!") "Hi, there!"
explodido Divida a string com base em um regex e retorna uma matriz de partes. Opcionalmente, pode incluir regex para dividir a cadeia de caracteres. Por padrão, a divisão resolve para ",". Os seguintes delimitadores need para ser evitada com \: +, ?, ^, |, ., [, (, {, ), *, $, \ Se você incluir vários caracteres como delimitador, o delimitador será tratado como um delimitador de vários caracteres.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que precisa ser dividida.
  • REGEX: Opcional A expressão regular que pode ser usada para dividir a string.
explode(STRING, REGEX) explode("Olá, lá!", " ") ["Hi,", "there"]
instr Retorna o local/índice de uma substring.
  • ENTRADA: Obrigatório A string que está sendo pesquisada.
  • SUBSTRING: Obrigatório A substring que está sendo pesquisada dentro da string.
  • START_POSITION: Opcional O local onde começar a procurar na string.
  • OCORRÊNCIA: Opcional A nona ocorrência a ser procurada a partir da posição inicial. Por padrão, é definido como 1.
instr(INPUT, SUBSTRING, START_POSITION, OCORRÊNCIA) instr("adobe.com", "com") 6
substituidor Substitui a string de pesquisa, se presente na string original.
  • ENTRADA: Obrigatório A string de entrada.
  • TO_FIND: Obrigatório A string a ser pesquisada na entrada.
  • TO_REPLACE: Obrigatório A string que substituirá o valor em "TO_FIND".
replace(INPUT, TO_FIND, TO_REPLACE) replacestr("Esta é uma string re test", "re", "replace") "Este é um teste de substituição de string"
substr Retorna uma substring de um determinado comprimento.
  • ENTRADA: Obrigatório A string de entrada.
  • START_INDEX: Obrigatório O índice da string de entrada em que a substring é iniciada.
  • COMPRIMENTO: Obrigatório O comprimento da substring.
substr(INPUT, START_INDEX, LENGTH) substr("Este é um teste de substring", 7, 8) " um subst"
lower /
lcase
Converte uma cadeia de caracteres em minúsculas.
  • ENTRADA: Obrigatório A string que será convertida em minúsculas.
lower(INPUT) lower("HeLLo")
lcase("HeLLo")
"hello"
upper /
ucase
Converte uma cadeia de caracteres em maiúsculas.
  • ENTRADA: Obrigatório A string que será convertida em maiúsculas.
upper(INPUT) upper("HeLLo")
ucase("HeLLo")
"OLÁ"
split Divide uma string de entrada em um separador. O seguinte separador necessidades para ser evitada com \: \. Se você incluir vários delimitadores, a string será dividida em any dos delimitadores presentes na string.
  • ENTRADA: Obrigatório A string de entrada que será dividida.
  • SEPARADOR: Obrigatório A string usada para dividir a entrada.
split(INPUT, SEPARADOR) split("Hello world", " ") ["Hello", "world"]
join Usa o separador para unir uma lista de objetos.
  • SEPARADOR: Obrigatório A string que será usada para unir os objetos.
  • OBJETOS: Obrigatório Uma matriz de strings que serão unidas.
join(SEPARATOR, [OBJECTS]) join(" ", to_array(true, "Hello", "world")) "Olá mundo"
lpad Preenche o lado esquerdo de uma cadeira de caracteres com a outra determinada.
  • ENTRADA: Obrigatório A string que será preenchida. Essa string pode ser nula.
  • CONTAGEM: Obrigatório O tamanho da string a ser preenchida.
  • PREENCHIMENTO: Obrigatório A string com a qual colar a entrada. Se for nulo ou vazio, ele será tratado como um espaço único.
lpad(INPUT, COUNT, PADDING) lpad("bat", 8, "yz") "yzyzybat"
rpad Preenche o lado direito de uma string com a outra string especificada.
  • ENTRADA: Obrigatório A string que será preenchida. Essa string pode ser nula.
  • CONTAGEM: Obrigatório O tamanho da string a ser preenchida.
  • PREENCHIMENTO: Obrigatório A string com a qual colar a entrada. Se for nulo ou vazio, ele será tratado como um espaço único.
rpad(INPUT, COUNT, PADDING) rpad("bat", 8, "yz") "batyzyzy"
left Obtém os primeiros "n" caracteres da string especificada.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A sequência de caracteres para a qual você está obtendo os primeiros "n" caracteres.
  • CONTAGEM: Obrigatório Os caracteres "n" que você deseja obter da string.
left(STRING, COUNT) left("abcde", 2) "ab"
right Obtém os últimos "n" caracteres da string especificada.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A sequência de caracteres para a qual você está obtendo os últimos "n" caracteres.
  • CONTAGEM: Obrigatório Os caracteres "n" que você deseja obter da string.
right(STRING, COUNT) right("abcde", 2) "de"
ltrim Remove o espaço em branco do início da cadeia de caracteres.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string da qual você deseja remover o espaço em branco.
ltrim(STRING) ltrim(" hello") "hello"
rtrim Remove o espaço em branco do final da cadeia de caracteres.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string da qual você deseja remover o espaço em branco.
rtrim(STRING) rtrim("hello ") "hello"
trim Remove o espaço em branco do início e do fim da cadeia de caracteres.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string da qual você deseja remover o espaço em branco.
trim(STRING) trim(" hello ") "hello"
igual a Compara duas strings para confirmar se são iguais. Essa função diferencia maiúsculas e minúsculas.
  • STRING1: Obrigatório A primeira string que você deseja comparar.
  • CADEIA DE CARACTERES2: Obrigatório A segunda string que você deseja comparar.
STRING1. ​é igual( ​ STRING2) "string1". ​é igual a ​("STRING1") false
equalsIgnoreCase Compara duas strings para confirmar se são iguais. Esta função é not diferencia maiúsculas de minúsculas.
  • STRING1: Obrigatório A primeira string que você deseja comparar.
  • CADEIA DE CARACTERES2: Obrigatório A segunda string que você deseja comparar.
STRING1. ​é igual aIgnoreCase ​(STRING2) "string1". ​equalsIgnoreCase ​("STRING1) true

Funções de expressão regular

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
extract_regex Extrai grupos da string de entrada, com base em uma expressão regular.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string da qual você está extraindo os grupos.
  • REGEX: Obrigatório A expressão regular que deseja que o grupo corresponda.
extract_regex(STRING, REGEX) extract_regex ​("E259,E259B_009,1_1" ​, "([,]+),[,]*,([^,]+)") ["E259,E259B_009,1_1", "E259", "1_1"]
matches_regex Verifica se a string corresponde à expressão regular inserida.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que você está marcando corresponde à expressão regular.
  • REGEX: Obrigatório A expressão regular que está sendo comparada.
matches_regex(STRING, REGEX) matches_regex("E259,E259B_009,1_1", "([,]+),[,]*,([^,]+)") true

Funções de hash

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
sha1 Obtém uma entrada e um valor de hash usando o Algoritmo de Hash Seguro 1 (SHA-1).
  • ENTRADA: Obrigatório O texto sem formatação a ser submetido a hash.
  • CARSET: Opcional O nome do conjunto de caracteres. Os valores possíveis incluem UTF-8, UTF-16, ISO-8859-1 e US-ASCII.
sha1(ENTRADA, CARSET) sha1("my text", "UTF-8") c3599c11e47719df18a24 ​ 48690840c5dfcce3c80
sha256 Obtém uma entrada e um valor de hash usando o Algoritmo de Hash Seguro 256 (SHA-256).
  • ENTRADA: Obrigatório O texto sem formatação a ser submetido a hash.
  • CARSET: Opcional O nome do conjunto de caracteres. Os valores possíveis incluem UTF-8, UTF-16, ISO-8859-1 e US-ASCII.
sha256(ENTRADA, CARSET) sha256("meu texto", "UTF-8") 7330d2b39ca35eaf4cb95fc846c21 ​ ee6a39af698154a83a586ee270a0d372104
sha512 Obtém uma entrada e um valor de hash usando o Algoritmo de Hash Seguro 512 (SHA-512).
  • ENTRADA: Obrigatório O texto sem formatação a ser submetido a hash.
  • CARSET: Opcional O nome do conjunto de caracteres. Os valores possíveis incluem UTF-8, UTF-16, ISO-8859-1 e US-ASCII.
sha512(ENTRADA, CARSET) sha512("meu texto", "UTF-8") a3d7e45a0d9be5fd4e4b9a3b8c9c2163c21ef ​ 708bf11b4232bb21d2a8704ada2cdcd7b367dd07 88a89 ​ a5c908cfe377aceb1072a7b386b7d4fd2ff68a8fd24d16
md5 Obtém uma entrada e um valor de hash usando MD5.
  • ENTRADA: Obrigatório O texto sem formatação a ser submetido a hash.
  • CARSET: Opcional O nome do conjunto de caracteres. Os valores possíveis incluem UTF-8, UTF-16, ISO-8859-1 e US-ASCII.
md5(INPUT, CHARSET) md5("my text", "UTF-8") d3b96ce8c9fb4 ​ e9bd0198d03ba6852c7
crc32 Utiliza uma entrada para usar um algoritmo CRC (Cyclic Redundancy Check, verificação de redundância cíclica) para produzir um código cíclico de 32 bits.
  • ENTRADA: Obrigatório O texto sem formatação a ser submetido a hash.
  • CARSET: Opcional O nome do conjunto de caracteres. Os valores possíveis incluem UTF-8, UTF-16, ISO-8859-1 e US-ASCII.
crc32(INPUT, CHARSET) crc32("meu texto", "UTF-8") 8df92e80

Funções de URL

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
get_url_protocol Retorna o protocolo do URL especificado. Se a entrada for inválida, retornará null.
  • URL: Obrigatório O URL do qual o protocolo precisa ser extraído.
get_url_protocol ​(URL) get_url_protocol("https://platform ​ .adobe.com/home") https
get_url_host Retorna o host do URL especificado. Se a entrada for inválida, retornará null.
  • URL: Obrigatório O URL do qual o host precisa ser extraído.
get_url_host ​(URL) get_url_host ​("https://platform ​ .adobe.com/home") platform.adobe.com
get_url_port Retorna a porta do URL especificado. Se a entrada for inválida, retornará null.
  • URL: Obrigatório O URL do qual a porta precisa ser extraída.
get_url_port(URL) get_url_port ​("sftp://example.com//home/ ​ joe/employee.csv") 22
get_url_path Retorna o caminho de determinada URL. Por padrão, o caminho completo é retornado.
  • URL: Obrigatório O URL do qual o caminho precisa ser extraído.
  • FULL_PATH: Opcional Um valor booleano que determina se o caminho completo é retornado. Se definido como false, somente o final do caminho será retornado.
get_url_path ​(URL, FULL_PATH) get_url_path ​("sftp://example.com// ​ home/joe/employee.csv") "//home/joe/ ​ employee.csv"
get_url_query_str Retorna a string de consulta de um determinado URL como um mapa do nome da string de consulta e do valor da string de consulta.
  • URL: Obrigatório O URL do qual você está tentando obter a string de consulta.
  • ÂNCORA: Obrigatório Determina o que será feito com a âncora na string de consulta. Pode ser um dos três valores: "manter", "remover" ou "anexar".

    Se o valor for "reter", a âncora será anexada ao valor retornado.
    Se o valor for "remove", a âncora será removida do valor retornado.
    Se o valor for "append", a âncora será retornada como um valor separado.
get_url_query_str ​(URL, ANCHOR) get_url_query_str ​("foo://example.com:8042 ​/over/third?name= ​ ferret#nose", "keep")
get_url_query_str ​("foo://example.com:8042 ​/over/third?name= ​ ferret#nose", "remove")
get_url_query_str ​("foo://example.com ​:8042/over/lá ​?name=ferret#nose", "append")
{"name": "ferret#nose"}
{"name": "ferret"}
{"name": "ferret", "_anchor_": "nose"}

Funções de data e hora

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela. Mais informações sobre o date pode ser encontrada na seção de datas da variável guia de manipulação do formato de dados.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
now Recupera a hora atual. now() now() 2021-10-26T10:10:24Z
carimbo de data e hora Recupera o horário Unix atual. carimbo de data e hora() carimbo de data e hora() 1571850624571
format Formata a data de entrada de acordo com um formato especificado.
  • DATA: Obrigatório A data de entrada, como um objeto ZoningDateTime, que você deseja formatar.
  • FORMATO: Obrigatório O formato para o qual você deseja alterar a data.
format(DATE, FORMAT) format(2019-10-23T11:24:00+00:00, "aaaa-MM-dd HH:mm:ss") 2019-10-23 11:24:35
dformat Converte um carimbo de data e hora em uma string de data de acordo com um formato especificado.
  • CARIMBO DE DATA E HORA: Obrigatório O carimbo de data e hora que você deseja formatar. Isso é escrito em milissegundos.
  • FORMATO: Obrigatório O formato no qual você deseja que o carimbo de data e hora se torne.
dformat(TIMESTAMP, FORMAT) dformat(1571829875000, "aaaa-MM-dd'T'HH:mm:ss.SSSX") 2019-10-23T11:24:35.000Z
data Converte uma cadeia de caracteres de data em um objeto ZoningDateTime (formato ISO 8601).
  • DATA: Obrigatório A string que representa a data.
  • FORMATO: Obrigatório A string que representa o formato da data de origem.Observação: Isso faz not representa o formato no qual você deseja converter a string de data.
  • DEFAULT_DATE: Obrigatório A data padrão retornada, se a data fornecida for nula.
date(DATE, FORMAT, DEFAULT_DATE) date("2019-10-23 11:24", "yyyy-MM-dd HH:mm", now()) 2019-10-23T11:24:00Z
data Converte uma cadeia de caracteres de data em um objeto ZoningDateTime (formato ISO 8601).
  • DATA: Obrigatório A string que representa a data.
  • FORMATO: Obrigatório A string que representa o formato da data de origem.Observação: Isso faz not representa o formato no qual você deseja converter a string de data.
date(DATE, FORMAT) date("2019-10-23 11:24", "aaaa-MM-dd HH:mm") 2019-10-23T11:24:00Z
data Converte uma cadeia de caracteres de data em um objeto ZoningDateTime (formato ISO 8601).
  • DATA: Obrigatório A string que representa a data.
date(DATE) date("2019-10-23 11:24") "2019-10-23T11:24:00Z"
date_part Recupera as partes da data. Os seguintes valores de componentes são suportados:

"ano"
"aaaa"
"yy"

"trimestre"
"qq"
"q"

"mês"
"mm"
"m"

"dayofyear"
"dy"
"y"

"dia"
"dd"
"d"

"semana"
"ww"
"w"

"dia útil"
"dw"
"w"

"hora"
"hh"
"hh24"
"hh12"

"minuto"
"mi"
"n"

"segundo"
"ss"
"s"

"milissegundos"
"ms"
  • COMPONENTE: Obrigatório Uma string que representa a parte da data.
  • DATA: Obrigatório A data, em um formato padrão.
date_part ​(COMPONENT, DATE) date_part("MM", data("2019-10-17 11:55:12") 10
set_date_part Substitui um componente em uma determinada data. Os seguintes componentes são aceitos:

"ano"
"aaaa"
"yy"

"mês"
"mm"
"m"

"dia"
"dd"
"d"

"hora"
"hh"

"minuto"
"mi"
"n"

"segundo"
"ss"
"s"
  • COMPONENTE: Obrigatório Uma string que representa a parte da data.
  • VALOR: Obrigatório O valor a ser definido para o componente de uma determinada data.
  • DATA: Obrigatório A data, em um formato padrão.
set_date_part ​(COMPONENTE, VALOR, DATA) set_date_part("m", 4, date("2016-11-09T11:44:44.797") "2016-04-09T11:44:44Z"
make_date_time Cria uma data a partir de partes. Essa função também pode ser induzida usando make_timestamp.
  • ANO: Obrigatório O ano, escrito em quatro dígitos.
  • MÊS: Obrigatório O mês. Os valores permitidos são de 1 a 12.
  • DIA: Obrigatório O dia. Os valores permitidos são de 1 a 31.
  • HORA: Obrigatório A hora. Os valores permitidos são de 0 a 23.
  • MINUTO: Obrigatório O minuto. Os valores permitidos são de 0 a 59.
  • NANOSECOND: Obrigatório Os valores de nanossegundos. Os valores permitidos são de 0 a 999999999.
  • FUSO HORÁRIO: Obrigatório O fuso horário da data e hora.
make_date_time ​(ANO, MÊS, DIA, HORA, MINUTO, SEGUNDO, NANOSECOND, TIMEZONE) make_date_time ​(2019, 10, 17, 11, 55, 12, 999, "America/Los_Angeles") 2019-10-17T11:55:12Z
zone_date_to_utc Converte uma data em qualquer fuso horário em uma data em UTC.
  • DATA: Obrigatório A data em que você está tentando converter.
zone_date_to_utc ​(DATE) zone_date_to_utc​(2019-10-17T11:55:​12 PST 2019-10-17T19:55:12Z
zone_date_to_zone Converte uma data de um fuso horário em outro.
  • DATA: Obrigatório A data em que você está tentando converter.
  • ZONA: Obrigatório O fuso horário para o qual você está tentando converter a data.
zone_date_to_zone ​(DATE, ZONE) zone_date_to_utc​(now(), "Europe/Paris") 2021-10-26T15:43:59Z

{style=“table-layout:auto”}

Hierarquias - Objetos

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
is_empty Verifica se um objeto está vazio ou não.
  • ENTRADA: Obrigatório O objeto que você está tentando verificar está vazio.
is_empty(INPUT) is_empty([1, 2, 3]) false
arrays_to_object Cria uma lista de objetos.
  • ENTRADA: Obrigatório Um agrupamento de pares de chave e matriz.
arrays_to_object(INPUT) amostra necessária amostra necessária
to_object Cria um objeto com base nos pares de chave/valor simples fornecidos.
  • ENTRADA: Obrigatório Uma lista simples de pares de chave/valor.
to_object(INPUT) to_object ​("firstName", "John", "lastName", "Doe") {"firstName": "John", "lastName": "Doe"}
str_to_object Cria um objeto a partir da string de entrada.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que está sendo analisada para criar um objeto.
  • VALUE_DELIMITITER: Opcional O delimitador que separa um campo do valor. O delimitador padrão é :.
  • FIELD_DELIMITADOR: Opcional O delimitador que separa pares de valores de campo. O delimitador padrão é ,.
str_to_object ​(STRING, VALUE_DELIMITER, FIELD_DELIMITER) str_to_object("firstName=John,lastName=Doe,phone=123 456 7890", "=", ",") {"firstName": "John", "lastName": "Doe", "phone": "123 456 7890"}
contains_key Verifica se o objeto existe nos dados de origem. Observação: Essa função substitui a função obsoleta is_set() .
  • ENTRADA: Obrigatório O caminho a ser verificado se existir nos dados de origem.
contains_key(INPUT) contains_key("evars.evar.field1") true
nula Define o valor do atributo como null. Isso deve ser usado quando você não deseja copiar o campo para o schema de destino. nullify() nullify() null
get_keys Analisa os pares de chave/valor e retorna todas as chaves.
  • OBJETO: Obrigatório O objeto do qual as chaves serão extraídas.
get_keys(OBJECT) get_keys({"book1": "Orgulho e Preconceito", "livro2": "1984"}) ["book1", "book2"]
get_values Analisa os pares de chave/valor e retorna o valor da string, com base na chave fornecida.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que você deseja analisar.
  • CHAVE: Obrigatório A chave para a qual o valor deve ser extraído.
  • VALUE_DELIMITITER: Obrigatório O delimitador que separa o campo e o valor. Se uma null ou uma string vazia for fornecida, esse valor será :.
  • FIELD_DELIMITADOR: Opcional O delimitador que separa pares de campos e valores. Se uma null ou uma string vazia for fornecida, esse valor será ,.
get_values(STRING, KEY, VALUE_DELIMITER, FIELD_DELIMITER) get_values("firstName - John , lastName - Cena , phone - 555 420 8692", "firstName", "-", ",") John

Para obter informações sobre o recurso de cópia de objetos, consulte a seção below.

Hierarquias - Matrizes

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
coalesce Retorna o primeiro objeto não nulo em uma matriz específica.
  • ENTRADA: Obrigatório A matriz da qual você deseja encontrar o primeiro objeto não nulo.
coalesce(INPUT) coalesce(null, null, null, "first", null, "Second") "first"
first Recupera o primeiro elemento da matriz em questão.
  • ENTRADA: Obrigatório A matriz da qual você deseja encontrar o primeiro elemento.
first(INPUT) first("1", "2", "3") "1"
last Recupera o último elemento da matriz.
  • ENTRADA: Obrigatório A matriz da qual você deseja encontrar o último elemento.
last(INPUT) last("1", "2", "3") "3"
add_to_array Adiciona elementos ao final da matriz.
  • MATRIZ: Obrigatório A matriz à qual você está adicionando elementos.
  • VALORES: Os elementos que você deseja anexar à matriz.
add_to_array ​(ARRAY, VALUES) add_to_array ​(["a", "b"], 'c', 'd') ["a", "b", "c", "d"]
join_arrays Combina os arrays uns com os outros.
  • MATRIZ: Obrigatório A matriz à qual você está adicionando elementos.
  • VALORES: As matrizes que você deseja anexar à matriz principal.
join_arrays ​(ARRAY, VALUES) join_arrays ​(["a", "b"], ["c"], ["d", "e"]) ["a", "b", "c", "d", "e"]
to_array Obtém uma lista de entradas e a converte em uma matriz.
  • INCLUDE_NULLS: Obrigatório Um valor booleano para indicar se deve ou não incluir valores nulos na matriz de resposta.
  • VALORES: Obrigatório Os elementos que devem ser convertidos em uma matriz.
to_array ​(INCLUDE_NULLS, VALUES) to_array(false, 1, null, 2, 3) [1, 2, 3]
size_of Retorna o tamanho da entrada.
  • ENTRADA: Obrigatório O objeto do qual você está tentando encontrar o tamanho.
size_of(INPUT) size_of([1, 2, 3, 4]) 4
upsert_array_append Essa função é usada para anexar todos os elementos na matriz de entrada inteira ao final da matriz no Perfil. Esta função é only aplicável durante as atualizações. Se usada no contexto de inserções, essa função retorna a entrada como está.
  • MATRIZ: Obrigatório A matriz para anexar a matriz no Perfil.
upsert_array_append(ARRAY) upsert_array_append([123, 456]) [123, 456]
upsert_array_replace Essa função é usada para substituir elementos em uma matriz. Esta função é only aplicável durante as atualizações. Se usada no contexto de inserções, essa função retorna a entrada como está.
  • MATRIZ: Obrigatório A matriz para substituir a matriz no Perfil.
  • ÍNDICE: Opcional A posição de onde a substituição precisa acontecer.
upsert_array_replace(ARRAY, INDEX) upsert_array_replace([123, 456], 1) [123, 456]

Operadores lógicos

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
decodificação Dada uma chave e uma lista de pares de valores chave nivelados como uma matriz, a função retornará o valor se a chave for encontrada ou retornará um valor padrão se estiver presente na matriz.
  • CHAVE: Obrigatório A chave a ser correspondida.
  • OPTIONS: Obrigatório Uma matriz nivelada de pares de chave/valor. Opcionalmente, um valor padrão pode ser colocado no final.
decode(KEY, OPTIONS) decode(stateCode, "ca", "California", "pa", "Pensilvânia", "N/A") Se o stateCode fornecido for "ca", "Califórnia".
Se o stateCode fornecido for "pa", "Pensilvânia".
Se o stateCode não corresponder ao seguinte, "N/A".
iif Avalia uma determinada expressão booleana e retorna o valor especificado com base no resultado.
  • EXPRESSÃO: Obrigatório A expressão booleana que está sendo avaliada.
  • TRUE_VALUE: Obrigatório O valor que é retornado se a expressão for avaliada como true.
  • FALSE_VALUE: Obrigatório O valor que é retornado se a expressão for avaliada como false.
iif(EXPRESSION, TRUE_VALUE, FALSE_VALUE) iif("s".equalsIgnoreCase("S"), "True", "False") "Verdadeiro"

Agregação

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
min Retorna o mínimo dos argumentos fornecidos. Usa ordenação natural.
  • OPTIONS: Obrigatório Um ou mais objetos que podem ser comparados entre si.
min(OPTIONS) min(3, 1, 4) 1
max Retorna o máximo dos argumentos fornecidos. Usa ordenação natural.
  • OPTIONS: Obrigatório Um ou mais objetos que podem ser comparados entre si.
max(OPTIONS) max(3, 1, 4) 4

Tipo de conversões

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
to_bigint Converte uma cadeia de caracteres em um BigInteger.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A cadeia de caracteres a ser convertida em um BigInteger.
to_bigint(STRING) to_bigint ​("1000000.34") 1000000,34
to_decimal Converte uma cadeia de caracteres em um Double.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que deve ser convertida em um Double.
to_decimal(STRING) to_decimal("20.5") 20,5
to_float Converte uma string em um Flutuante.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que deve ser convertida em um Flutuante.
to_float(STRING) to_float("12.3456") 12,34566
to_integer Converte uma cadeia de caracteres em um número inteiro.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string que deve ser convertida em um Número inteiro.
to_integer(STRING) to_integer("12") 12

Funções JSON

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
json_to_object Desserialize o conteúdo JSON da string especificada.
  • CADEIA DE CARACTERES: Obrigatório A string JSON a ser desserializada.
json_to_object ​(STRING) json_to_object ​({"info":{"firstName":"John","lastName": "Doe"}) Um objeto que representa o JSON.

Operações especiais

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
uuid /
guid
Gera uma ID pseudo-aleatória. uuid()
guid()
uuid()
guid()
7c0267d2-bb74-4e1a-9275-3bf4fcda5f4
c7016dc7-3163-43f7-afc7-2e1c9c206333

Funções do agente do usuário

OBSERVAÇÃO

Role a tela para a esquerda/direita para exibir o conteúdo completo da tabela.

Função Descrição Parâmetros Sintaxe Expressão Saída de exemplo
ua_os_name Extrai o nome do sistema operacional da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_os_name ​(USER_AGENT) ua_os_name ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") iOS
ua_os_version_major Extrai a versão principal do sistema operacional da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_os_version_major ​(USER_AGENT) ua_os_version_major ​ s("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") iOS 5
ua_os_version Extrai a versão do sistema operacional da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_os_version ​(USER_AGENT) ua_os_version ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") 5.1.1.
ua_os_name_version Extrai o nome e a versão do sistema operacional da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_os_name_version ​(USER_AGENT) ua_os_name_version ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") iOS 5.1.1
ua_agent_version Extrai a versão do agente da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_agent_version ​(USER_AGENT) ua_agent_version ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") 5.1.
ua_agent_version_major Extrai o nome do agente e a versão principal da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_agent_version_major ​(USER_AGENT) ua_agent_version_major ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") Safari 5
ua_agent_name Extrai o nome do agente da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_agent_name ​(USER_AGENT) ua_agent_name ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") Safari
ua_device_class Extrai a classe do dispositivo da sequência de agente do usuário.
  • USER_AGENT: Obrigatório A sequência de agente do usuário.
ua_device_class ​(USER_AGENT) ua_device_class ​("Mozilla/5.0 (iPhone; CPU iPhone OS 5_1_1 como Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, como Gecko) Versão/5.1 Mobile/9B206 Safari/7534.48.3") Telefone

Cópia do objeto

DICA

O recurso de cópia de objeto é aplicado automaticamente quando um objeto na origem é mapeado para um objeto no XDM. Nenhuma ação adicional é necessária para os usuários.

Você pode usar o recurso de cópia de objetos para copiar automaticamente atributos de um objeto sem fazer alterações no mapeamento. Por exemplo, se os dados de origem tiverem uma estrutura de:

address{
        line1: 4191 Ridgebrook Way,
        city: San Jose,
        state: California
        }

e uma estrutura XDM de:

addr{
    addrLine1: 4191 Ridgebrook Way,
    city: San Jose,
    state: California
    }

Em seguida, o mapeamento torna-se:

address -> addr
address.line1 -> addr.addrLine1

No exemplo acima, a variável city e state os atributos também são assimilados automaticamente no tempo de execução porque a função address é mapeado para addr. Se você criar um line2 na estrutura XDM e seus dados de entrada também contêm um line2 no address , ele também será assimilado automaticamente sem a necessidade de alterar manualmente o mapeamento.

Para garantir que o mapeamento automático funcione, os seguintes pré-requisitos devem ser atendidos:

  • Os objetos de nível pai devem ser mapeados;
  • Novos atributos devem ter sido criados no esquema XDM;
  • Os novos atributos devem ter nomes correspondentes no schema de origem e no esquema XDM.

Se algum dos pré-requisitos não for atendido, será necessário mapear manualmente o schema de origem para o esquema XDM usando a preparação de dados.

Nesta página