Solicitações de renderização de imagem aninhada

Para aplicativos avançados, é possível usar o resultado de uma operação de renderização como uma imagem de material, assim como uma imagem obtida do Serviço de imagem.

Uma solicitação de renderização pode ser usada como uma imagem de material, especificando-a no comando src= da seguinte maneira:

…&src=ir{ *[!DNL renderRequest]*}&…

O token ir faz distinção entre maiúsculas e minúsculas.

A solicitação aninhada não deve incluir o caminho raiz de Renderização de imagem (normalmente http:// *[!DNL server]*/ir/render/'), mas pode incluir tokens de regras de pré-processamento.

Os seguintes comandos são ignorados quando especificados em solicitações aninhadas (no url de solicitação ou em catalog::Modifier ou catalog::PostModifier):

  • fmt=
  • qlt=
  • icc=
  • iccEmbed=
  • printRes=
  • req=
  • bgc=

Também são ignorados attribute::MaxPix e attribute::DefaultPix do catálogo de materiais que se aplica à solicitação de renderização aninhada.

O resultado da imagem de uma solicitação IR aninhada pode ser armazenado em cache opcionalmente, incluindo cache=on. Por padrão, o cache de dados intermediários é desativado. O armazenamento em cache só deve ser ativado quando se espera que a imagem intermediária seja reutilizada em uma solicitação diferente dentro de um período de tempo razoável. O gerenciamento padrão de cache do lado do servidor se aplica. Os dados são armazenados em cache em um formato sem perdas.

Nesta página