Comandos de execução

Os ícones na barra de ações permitem iniciar, rastrear e modificar a execução de um fluxo de trabalho. Consulte Barra de ação.

As opções disponíveis são as seguintes:

Start

O O botão inicia a execução de um fluxo de trabalho, que Em andamento Status (azul). Se o workflow tiver sido pausado, ele será retomado, caso contrário, será iniciado e as atividades iniciais serão ativadas.

OBSERVAÇÃO

Iniciar é um processo assíncrono: a solicitação é salva e será processada o mais rápido possível pelo mecanismo de execução do workflow.

Pause

O O botão pausa a execução. O fluxo de trabalho assume o Aviso status (amarelo). Nenhuma nova atividade será ativada até que seja retomada, mas as operações em andamento não serão suspensas.

Stop

O O botão interrompe um fluxo de trabalho que está sendo executado, o que assumirá a função Concluído (verde). As operações em andamento são interrompidas se possível e as importações ou consultas SQL em andamento são imediatamente canceladas. Não é possível retomar do workflow a partir do mesmo local em que ele foi interrompido.

Restart

O envolve parar e reiniciar um workflow. Na maioria dos casos, isso permite reiniciar mais rápido. Também pode ser útil automatizar a reinicialização quando a interrupção levar um determinado período, porque a variável só estará disponível quando a parada estiver ativa.

Quando uma ou várias atividades em um workflow são selecionadas, há outras ações que você pode realizar, como:

Execução imediata

O inicia qualquer atividade pendente selecionada assim que possível.

Execução normal

O reativa qualquer atividade pausada ou desativada.

Execução suspensa

O O botão pausa o workflow na atividade selecionada: essa tarefa, bem como todas as que a seguem (na mesma ramificação) não são executadas.

Sem execução

O desativa qualquer atividade selecionada.

OBSERVAÇÃO

As ações rápidas permitem que você acesse ações diferentes relacionadas a uma atividade específica e sejam exibidas quando uma atividade é selecionada.

Nesta página