Caso de uso

O caso de uso abaixo mostra como chamar o fluxo de trabalho com parâmetros em seus workflows.

O objetivo é acionar um fluxo de trabalho a partir de uma chamada de API com parâmetros externos. Esse fluxo de trabalho carregará dados no banco de dados a partir de um arquivo e criará uma audiência associada. Depois que a audiência for criada, um segundo fluxo de trabalho será acionado para enviar uma mensagem personalizada com os parâmetros externos definidos na chamada da API.

Para executar esse caso de uso, é necessário executar as ações abaixo:

  1. Faça uma chamada de API para acionar o Workflow 1 com parâmetros externos. Consulte Etapa 1: Configurando a chamada da API.
  2. Criar fluxo de trabalho 1: o fluxo de trabalho transferirá um arquivo e o carregará no banco de dados. Em seguida, ele testará se os dados estão vazios ou não e, eventualmente, salvará os perfis em uma audiência. Finalmente, acionará o Workflow 2. Consulte Etapa 2: Configurando o fluxo de trabalho 1.
  3. Criar fluxo de trabalho 2: o fluxo de trabalho lerá a audiência criada no Fluxo de trabalho 1 e, em seguida, enviará uma mensagem personalizada aos perfis, com um código de segmento personalizado com os parâmetros. Consulte Etapa 3: Configurando o fluxo de trabalho 2.

Pré-requisitos

Antes de configurar os workflows, é necessário criar o Fluxo de trabalho 1 e 2 com uma atividade External signal em cada um deles. Dessa forma, você poderá público alvo essas atividades de sinal ao chamar os workflows.

Etapa 1: Configurar a chamada de API

Faça uma chamada de API para acionar o Workflow 1 com parâmetros. Para obter mais informações sobre a sintaxe de chamada da API, consulte a documentação APIs REST do Campaign Standard.

Em nosso caso, queremos chamar o fluxo de trabalho com os parâmetros abaixo:

  • fileToTarget: o nome do arquivo que queremos importar para o banco de dados.
  • discountDesc: a descrição que queremos exibir no delivery do desconto.
-X POST https://mc.adobe.io/<ORGANIZATION>/campaign/<TRIGGER_URL>
-H 'Authorization: Bearer <ACCESS_TOKEN>' 
-H 'Cache-Control: no-cache' 
-H 'X-Api-Key: <API_KEY>' 
-H 'Content-Type: application/json;charset=utf-8' 
-H 'Content-Length:79' 
-i
-d {
-d "source:":"API",
-d "parameters":{
-d "fileToTarget":"profile.txt",
-d "discountDesc":"Running shoes"
-d } 

Etapa 2: Configuração do fluxo de trabalho 1

O fluxo de trabalho 1 será criado como abaixo:

  • External signal atividade: onde os parâmetros externos devem ser declarados para serem usados no fluxo de trabalho.
  • Transfer file atividade: importa o arquivo com o nome definido nos parâmetros.
  • Load file atividade: carrega dados do arquivo importado no banco de dados.
  • Update data atividade: insira ou atualize o banco de dados com dados do arquivo importado.
  • Test atividade: verifica se há dados importados.
  • Save audience atividade: se o arquivo contiver dados, salvará os perfis em uma audiência.
  • End activity atividade: chama o Workflow 2 com os parâmetros que você deseja usar dentro dele.

Siga as etapas abaixo para configurar o fluxo de trabalho:

  1. Declarar os parâmetros que foram definidos na chamada da API. Para fazer isso, abra a atividade External signal e adicione os nomes e os tipos dos parâmetros.

  2. Adicione uma atividade Transfer file para importar dados para o banco de dados.Para fazer isso, arraste e solte a atividade, abra-a e selecione a guia Protocol.

  3. Selecione a opção Use a dynamic file path e use o parâmetro fileToTarget como o arquivo a ser transferido:

    $(vars/@fileToTarget)
    

  4. Carregue os dados do arquivo no banco de dados.

    Para fazer isso, arraste e solte uma atividade Load file no fluxo de trabalho e configure-a de acordo com suas necessidades.

  5. Insira e atualize o banco de dados com dados do arquivo importado.

    Para fazer isso, arraste e solte uma atividade Update data e selecione a guia Identification para adicionar um critério de reconciliação (no nosso caso, o campo email).

  6. Selecione a guia Fields to update e especifique os campos a serem atualizados no banco de dados (no nosso caso, os campos firstname e email).

  7. Verifique se os dados são recuperados do arquivo. Para fazer isso, arraste e solte uma atividade Test no fluxo de trabalho e clique no botão Add an element para adicionar uma condição.

  8. Nomeie e defina a condição. Em nosso caso, queremos testar se a transição de saída contém dados com a sintaxe abaixo:

    $long(vars/@recCount)>0
    

  9. Se os dados forem recuperados, salve-os em uma audiência. Para fazer isso, adicione uma atividade Save audience à transição e não vazia e abra-a.

  10. Selecione a opção Use a dynamic label e use o parâmetro fileToTarget como o rótulo da audiência:

    $(vars/@fileToTarget)
    

  11. Arraste e solte uma atividade End que chamará o Workflow 2 com parâmetros e, em seguida, abra-a.

  12. Selecione a guia External signal e especifique o fluxo de trabalho a ser acionado e a atividade de sinal associada.

  13. Defina os parâmetros que você deseja usar dentro do Workflow 2 e seus valores associados.

    Em nosso caso, queremos passar os parâmetros originalmente definidos na chamada da API (fileToTarget e discountDesc), além de um parâmetro adicional segmentCode com um valor constante ("20% de desconto").

O fluxo de trabalho 1 está configurado, agora é possível criar o Fluxo de trabalho 2. Para obter mais informações, consulte esta seção.

Etapa 3: Configuração do fluxo de trabalho 2

O fluxo de trabalho 2 será criado como abaixo:

  • External signal atividade: onde os parâmetros devem ser declarados para serem usados no fluxo de trabalho.
  • Read audience atividade: lê a audiência salva no Fluxo de trabalho 1.
  • Email delivery atividade: envia uma mensagem recorrente para a audiência direcionada, personalizada com parâmetros.

Siga as etapas abaixo para configurar o fluxo de trabalho:

  1. Declarar os parâmetros que foram definidos no Workflow 1.

    Para fazer isso, abra a atividade External signal e adicione o nome e o tipo de cada parâmetro definido na atividade End do Workflow 1.

  2. Use a audiência salva no Fluxo de trabalho 1. Para fazer isso, arraste e solte uma atividade Read audience no fluxo de trabalho e abra-a.

  3. Selecione a opção Use a dynamic audience e use o parâmetro fileToTarget como o nome da audiência a ser lida:

    $(vars/@fileToTarget)
    

  4. Nomeie a transição de saída de acordo com o parâmetro segmentCode.

    Para fazer isso, selecione a guia Transition e a opção Use a dynamic segment code.

  5. Use o parâmetro segmentCode como o nome da transição de saída:

    $(vars/@segmentCode)
    

  6. Arraste e solte uma atividade Email delivery para enviar uma mensagem para a audiência.

  7. Identifique os parâmetros a serem usados na mensagem para personalizá-la com o parâmetro discountDesc. Para fazer isso, abra as opções avançadas do atividade e adicione o nome e o valor do parâmetro.

  8. Agora você pode configurar a mensagem. Abra a atividade e selecione Recurring email.

  9. Selecione o modelo a ser usado e defina as propriedades do email de acordo com suas necessidades.

  10. Use o parâmetro discountDesc como um campo de personalização. Para fazer isso, selecione-o na lista campos de personalização.

  11. Agora você pode concluir a configuração da mensagem e enviá-la como de costume.

Execução dos workflows

Depois que os workflows forem criados, você poderá executá-los. Verifique se os dois workflows foram iniciados antes de executar a chamada da API.

Nesta página