Princípio operacional

Tecnicamente, a plataforma Adobe Campaign é baseada em vários módulos.

Há muitos módulos Adobe Campaign. Alguns operam continuamente, enquanto outros são iniciados ocasionalmente para executar tarefas administrativas (por exemplo, para configurar a conexão do banco de dados) ou para executar uma tarefa recorrente (por exemplo, consolidando informações de rastreamento).

Existem três tipos de módulos Adobe Campaign:

  • Módulos de várias instâncias: um único processo é executado para todas as instâncias. Isso se aplica aos seguintes módulos: web, syslogd, trackinglogd e watchdog (atividades do arquivo config-default.xml).
  • Módulos de instância única: um processo é executado por instância. Isso se aplica aos seguintes módulos: mta, wfserver, inMail, sms e stat (atividades do arquivo config-<instance>.xml) .
  • Módulos do utilitário: esses são módulos que são executados ocasionalmente para executar operações ocasionais ou recorrentes (cleanup, config, download de logs de rastreamento etc.).

A administração do módulo é executada usando a ferramenta de linha de comando nlserver instalada no diretório bin da pasta de instalação.

A sintaxe geral da ferramenta nlserver é a seguinte:

nlserver <command> <command arguments>

Para obter a lista de módulos disponíveis, use o comando nlserver.

Os módulos disponíveis são detalhados na tabela a seguir:

Comando Descrição
aliasCleansing Padronização dos valores de enumeração
faturamento Envio do relatório de atividades do sistema para billing@neolane.net
cleanup Limpando o banco de dados: exclui dados obsoletos do banco de dados e executa uma atualização das estatísticas usadas pelo otimizador do mecanismo de banco de dados.
configuração Modificação da configuração do servidor
copybase Cópia de um banco de dados
exportar Exportando para linha de comando: permite enviar para a linha de comando um modelo de exportação criado no console do cliente do Adobe Campaign
fileconvert Conversão de um arquivo de tamanho de conjunto
importar Importando para linha de comando: permite enviar para a linha de comando um modelo de importação criado no console do cliente do Adobe Campaign.
inMail Analisador de email de entrada
instalação Disponibilidade do arquivo de instalação do cliente
javascript Execução de scripts JavaScript, com acesso a APIs SOAP.
trabalho Processamento de linha de comando
mesclar Mesclagem de formulário
midSourcing Recuperação de informações de delivery no modo mid-sourcing
monitor XML Exibição do status de processos de servidor e tarefas agendadas, por instância.
mta Mensagem de transferência do agente principal
pacote Importação ou exportação de arquivos de pacote de entidade
pdump Exibição dos status do processo do servidor
preparação Preparação de uma ação de delivery
reiniciar Reinicialização parcial do servidor
runwf Execução de uma instância de workflow
desligamento Desligamento completo do sistema
sms Processamento de notificação por SMS
sql Execução do script SQL
start Inicializações adicionais
stat Mantém estatísticas de conexão MTA
stop Desligamento parcial do sistema
submitda Envio de uma ação de delivery
syslogd Servidor de registro e gravação de rastreamento
tracking Consolidação e recuperação de logs de rastreamento
trackinglogd Servidor de gravação e limpeza do log de rastreamento
vigia Inicialização e instância de monitoramento
web Servidor de aplicativos (HTTP e SOAP)
wfserver Servidor de workflow
IMPORTANTE

Há um último módulo: o módulo de rastreamento e retransmissão vinculado ao servidor de aplicativos que, por questões de desempenho, é integrado por mecanismos nativos em um servidor Web Apache ou IIS por meio de uma biblioteca dinâmica. Não há um comando do Adobe Campaign que permita iniciar ou administrar esse módulo. Portanto, você deve usar os comandos do próprio servidor da Web.

O uso do módulo e a sintaxe de seus parâmetros são exibidos usando o seguinte comando: nlserver [module] -?

Exemplo:

configuração nlserver -?

Usage: nlserver [-verbose:<verbose mode>] [-?|h|H] [-version] [-noconsole]
 [-tracefile:<file>] [-tracefilter:<[type|!type],...>]
 [-instance:<instance>] [-low] [-high] [-queryplans] [-detach]
 [-internalpassword:<[password/newpassword]>] [-postupgrade]
 [-nogenschema] [-force] [-allinstances]
 [-addinstance:<instance/DNS masks[/language]>]
 [-setdblogin:<[dbms:]account[:database][/password]@server>]
 [-monoinstance]
 [-addtrackinginstance:<instance/masks DNS[/databaseId/[/language[/password]]]>]
 [-trackingpassword:<[password][/newpassword]>]
 [-setproxy:<protocol/server:port[/login]>] [-reload]
 [-applyxsl:<schema/file.xsl>] [-filter:<file>]
 [-setactivationkey:<activation key>]
 [-getactivationkey:<client identifier>]
-verbose : verbose mode
-? : display this help message
-version : display version number
-noconsole : no longer display logs and traces on the console
-tracefile : name of trace file to be generated (without extension)
-tracefilter : filter for the traces to be generated e.g.: wdbc,soap,!xtkquery.
-instance : instance to be used (default instance if this option is not present).
-low : start up with low priority
-high : start up with high priority (not recommended)
-queryplans : generate traces with the execution plans of SQL queries.
-detach : detaches the process from its parent (internal option)
-internalpassword : changes the password of the server internal account.
-postupgrade : updates the database following upgrade to a higher version. 
-nogenschema : does not recompute the schemas during database update
-force : updates the database even if this has already been done with the current build 
-allinstances : updates the database over all configured instances
-addinstance : adds a new instance.
-setdblogin : sets the parameters for connection to the database of an instance. The DBMS can be 'oracle', 'postgresql', 'mssql' or 'odbc' (default=postgresql)
-monoinstance : initialises for a single instance ().
-addtrackinginstance : adds a new tracking instance.
-trackingpassword : changes the tracking password of an instance
-setproxy : sets the parameters for connection to a proxy server. The protocol can be 'http', 'https' or 'all'.
-reload : asks the server to reload the configuration of the instances. 
-applyxsl : applies an XSL stylesheet to all entities of a schema. 
-filter : applies the XTK filter contained in the file during loading of the schema entities.
-setactivationkey : sets the activation key

Nesta página