Noções básicas sobre o funcionamento da at.js 2.0 do Adobe Target

at.js A versão 2.0 aprimora o suporte da Adobe Target para aplicativos de página única (SPA) e integra-se com outras soluções de Experience Cloud. Este vídeo e os diagramas que o acompanham explicam como tudo se une.

Diagramas de arquitetura

Comportamento da at.js 2.0 no carregamento da página

  1. A chamada retorna a ID de Experience Cloud (ECID). Se o usuário for autenticado, outra chamada sincroniza a ID do cliente.

  2. at.js A biblioteca é carregada de forma síncrona e oculta o corpo do documento (at.js O também pode ser carregado de forma assíncrona com uma opção de pré-ocultação de trecho implementada na página).

  3. A solicitação de Carregamento de página é feita, incluindo todos os parâmetros configurados, ECID, SDID e ID do cliente.

  4. Os scripts de perfil executam e fazem o feed na Loja de perfis. A Loja solicita públicos qualificados da Biblioteca de público-alvo (por exemplo, públicos-alvo compartilhados de Analytics, Audience Manager, etc.). Atributos do cliente são enviados para Loja de perfis em um processo em lote.

  5. Com base no URL, parâmetros de solicitação e dados de perfil, Target decide quais Atividades e Experiências retornarão ao visitante para a página atual e para as exibições futuras

  6. O conteúdo direcionado é enviado de volta para a página, opcionalmente incluindo valores de perfil para personalização adicional.

    O conteúdo direcionado na página atual é revelado o mais rápido possível sem cintilação do conteúdo padrão.

    O conteúdo direcionado para exibições futuras de um aplicativo de página única é armazenado em cache no navegador para que possa ser aplicado instantaneamente, sem uma chamada de servidor adicional, quando as exibições forem acionadas. (Consulte o próximo diagrama para triggerView() comportamento).

  7. Analytics dados enviados da página para a Coleta de dados Servidores

  8. TargetOs dados do são correspondidos aos dados do pela SDID, e processados no armazenamento de relatório do Analytics.Analytics Analytics os dados podem ser exibidos em Analytics e Target pelos relatórios do A4T.

Comportamento da at.js 2.0 quando a função triggerView() é usada

  1. adobe.target.triggerView() é chamado no aplicativo de página única

  2. O conteúdo direcionado para a exibição é lido do cache

  3. O conteúdo direcionado é revelado o mais rápido possível sem oscilação do conteúdo padrão

  4. A solicitação de notificação é enviada para a Target Loja de perfil para contar o visitante nas métricas de atividade e incremento

  5. Analytics Os dados do são enviados do SPA para o Coleta de dados Servidores

  6. Target Os dados do são enviados do Target back-end para o Coleta de dados Servidores. Os dados do Target são correspondidos aos dados do Analytics pela SDID, e processados no armazenamento de relatório do Analytics. Analytics os dados podem ser exibidos em Analytics e Target pelos relatórios do A4T.

Recursos adicionais

recommendation-more-help
0f172607-337e-442f-a279-477fd735571f