Implementação da mbox.js

Para usar Adobe Target Standard ou Target Premium, adicione uma linha de código para chamar mbox.js.

Você pode usar qualquer uma das duas referências de biblioteca: o Adobe Experience Platform Web SDK ou at.js. Os benefícios do at. jsexplica as diferenças entre as bibliotecas mbox.js e at.js.

IMPORTANTE

Fim da vida útil do mbox.js: Em 31 de março de 2021, não Adobe Target será mais compatível com a biblioteca mbox.js. Após 31 de março de 2021, todas as chamadas feitas a partir do mbox.js falharão e afetarão suas páginas que possuem Target atividades sendo executadas com o conteúdo padrão. Recomendamos que todos os clientes migrem para a versão mais recente da nova Adobe Experience Platform Web SDK ou da biblioteca JavaScript at.js antes dessa data para evitar possíveis problemas com seus sites.

  • Adobe Experience Platform Web SDK: O Adobe Experience Platform Web SDK permite que você interaja com os vários serviços no Experience Cloud (incluindo Target) por meio da Adobe Experience Edge Network. Se você optar por migrar para Adobe Experience Platform Web SDK, consulte O que é Adobe Experience Platform Web SDK no Guia do SDK da Web.

  • at.js: A biblioteca JavaScript do at.js oferece muitas vantagens em relação ao mbox.js. Entre outros benefícios, o at.js melhora o tempo de carregamento da página para implementações da Web, melhora a segurança e oferece melhores opções de implementação para aplicativos de página única. Se você optar por migrar para at.js, consulte Como o At.js funciona e Adobe Target Skill Builder: Bate-papo no desenvolvedor, migre o mbox.js do Adobe Target para o at.js.

Embora a mbox.js seja atualmente suportada (até 31 de março de 2021), não fornecemos atualizações de recursos para esta biblioteca desde julho de 2017. Ao mover todos os clientes para o Adobe Experience Platform Web SDK ou o at.js, nossos engenheiros e funcionários de suporte poderão fornecer novas funcionalidades e oferta o suporte que você espera do Adobe.

A única referência para a mbox.js em cada página fornece as bibliotecas necessárias para todas suas atividades. A mbox.js chama o Target de cada página que referencia o arquivo mbox.js. Isso permite que o Target faça o seguinte:

  • Entregar atividades do Target
  • Rastreie cliques
  • Rastreie a maioria das métricas de sucesso
DICA

Para simplificar a implementação, você pode referenciar a mbox.js no seu cabeçalho global.

Você não precisa manter versões específicas de atividades diferentes do arquivo.

  1. Referencie a mbox.js na seção <head> de cada página do seu site.

    <script src="/ *directory*/ *scripts*/mbox.js"></script>

    Onde *directory*/ *scripts* é o diretório onde você salvou o mbox.js arquivo depois de baixá-lo.
    Se você já tiver mboxes na sua página de uma implementação existente, essas mboxes ainda poderão ser usadas na nova interface. O arquivo mbox.js atualizado ainda é necessário, mas essas mboxes podem ser selecionadas para atividades e editadas usando o Visual Experience Composer.

Nesta página