Implementar Target sem um gerenciador de tags

Informações sobre como implementar Adobe Target sem usar um gerenciador de tags (Adobe Experience Platform Launch).

OBSERVAÇÃO

O Adobe Experience Platform Launch é o método preferido para a implementação do Target e da biblioteca at.js. As informações a seguir não se aplicam ao usar o Adobe Platform launch para implementar o Target.

Para acessar a página Implementation, clique em Administration > Implementation.

Você pode especificar as seguintes configurações nesta página:

  • Detalhes da conta
  • Métodos de implementação
  • API de perfil
  • Ferramentas do Debugger
  • Privacidade
OBSERVAÇÃO

É possível substituir as configurações na biblioteca at.js em vez de definir as configurações na interface do usuário do Target Standard/Premium ou usar APIs REST. Para obter mais informações, consulte targetGlobalSettings().

Detalhes da conta

Você pode visualizar os seguintes detalhes da conta. Essas configurações não podem ser alteradas.

Configuração Descrição
Código do cliente O código do cliente é uma sequência específica do cliente de caracteres frequentemente necessários ao usar as APIs do Target.
ID da organização IMS Essa ID vincula sua implementação à sua conta da Adobe Experience Cloud.
Decisão no dispositivo Para ativar a decisão no dispositivo, deslize o botão para a posição "ativada".
A tomada de decisão no dispositivo permite armazenar em cache as campanhas A/B e de Direcionamento de experiência (XT) em seu servidor e executar decisões na memória com latência próxima a zero. Para obter mais informações, consulte Introdução ao código no dispositivo no guia SDKs do Adobe Target.
Inclua todas as atividades qualificadas de decisão no dispositivo existentes no artefato. (Condicional) Essa opção é exibida se você ativar a tomada de decisão no dispositivo.
Deslize a alternância para a posição "ativada" se desejar que todas as atividades ativas do Target qualificadas para decisão no dispositivo sejam incluídas automaticamente no artefato.
Deixar essa opção desativada significa que você deve recriar e ativar quaisquer atividades de decisão no dispositivo para que elas sejam incluídas no artefato de regras gerado.

Métodos de implementação

As configurações a seguir podem ser configuradas no painel Métodos de implementação :

Configurações globais

OBSERVAÇÃO

Essas configurações são aplicadas a todas as bibliotecas Target .js . Depois de executar as alterações na seção Métodos de implementação , você deve baixar a biblioteca e atualizá-la na implementação.

Configuração Descrição
Carregamento de página ativado (Criar mbox global automaticamente) Selecione se a chamada mbox global no arquivo at.js deve ser acionada automaticamente em cada carregamento de página.
Mbox global Selecione um nome para a mbox global. Como padrão, esse nome é target-global-mbox.
Caracteres especiais, incluindo o sinal gráfico (&), podem ser usados em nomes de mbox com a at.js.
Tempo limite (segundos) Se o Target não responder ao conteúdo no período definido, o tempo limite da chamada do servidor acaba e o conteúdo padrão é exibido. Ainda há tentativas de chamadas adicionais durante a sessão do visitante. O limite padrão é de 5 segundos.
A biblioteca at.js usa a configuração de tempo limite em XMLHttpRequest. O tempo limite começa quando a solicitação é acionada e para quando Target recebe uma resposta do servidor. Para obter mais informações, consulte XMLHttpRequest.timeout no site Mozilla Developer Network.
Se o tempo limite especificado ocorrer antes de receber uma resposta, o conteúdo padrão é mostrado e o visitante pode ser contabilizado como um participante em uma atividade, pois toda a coleta de dados acontece na borda do Target. Se a solicitação alcançar a borda do Target, o visitante é contabilizado.
Leve em consideração o seguinte ao configurar o tempo limite:
  • Se o valor for muito baixo, os usuários podem visualizar o conteúdo padrão na maioria das vezes, embora o visitante possa ser contabilizado como participante na atividade.
  • Se o valor for muito alto, os visitantes podem ver regiões em branco na sua página da Web, ou páginas em branco se você ocultar o corpo por períodos prolongados.
Para obter uma compreensão melhor dos tempos de resposta do mbox, olhe a guia Rede nas Ferramentas de desenvolvedor do navegador. Você também pode usar ferramentas de monitoramento de desempenho na Web de terceiros, como Catchpoint.
Observação: A configuração visitorApiTimeout garante que o Target não espere a resposta da API do visitante por muito tempo. Essa configuração e a configuração de Tempo limite para at.js descrita aqui não são conflitantes.
Duração do perfil Essa configuração determina a duração de armazenamento do perfil do visitante. Por padrão, os perfis são armazenados por duas semanas. Essa configuração pode ser aumentada para 90 dias.
Para alterar a configuração de Duração do perfil, entre em contato com o Atendimento ao cliente.

Método de implementação principal

IMPORTANTE

A equipe do Target é compatível com o at.js 1.x e at.js 2.x. Atualize para a atualização mais recente de qualquer versão principal do at.js para garantir que você esteja executando uma versão compatível.

Para baixar a versão do at.js desejada, clique no botão Download apropriado.

Para editar as configurações do at.js, clique em Editar ao lado da versão do at.js desejada.

IMPORTANTE

Antes de alterar essas configurações padrão, consulte Atendimento ao cliente para não afetar sua implementação atual.

Além das configurações explicadas acima, as seguintes configurações específicas da at.js também estão disponíveis:

Configuração Descrição
Cabeçalho da biblioteca personalizada Adicione qualquer JavaScript personalizado para incluir na parte superior da biblioteca.
Rodapé da biblioteca personalizada Adicione qualquer JavaScript personalizado para incluir na parte inferior da biblioteca.

API de perfil

Ative ou desative a autenticação para atualizações em lote pela API e gere um token de autenticação de perfil.

Para obter mais informações, consulte Configurações da API de perfil.

Ferramentas do Debugger

Gere um token de autorização para usar as ferramentas de depuração Target avançadas. Clique em Gerar Novo Token de Autenticação.

Gerar novo token de autenticação

Privacidade

Essas configurações permitem usar Target em conformidade com as leis de privacidade de dados aplicáveis.

Escolha a configuração desejada na lista suspensa Ofuscar endereço IP do visitante :

  • Ofuscação do último octeto
  • Ofuscação de IP inteiro
  • None

Para obter mais informações, consulte Privacidade.

OBSERVAÇÃO

A opção Suporte a navegador herdado estava disponível na at.js versão 0.9.3 e posteriores. Essa opção foi removida na at.js versão 0.9.4. Para obter uma lista de navegadores suportados at.js, consulte Navegadores suportados
Os navegadores herdados são navegadores antigos que não suportam completamente CORS (Cross Origin Resource Sharing). Esses navegadores incluem: Internet Explorer em versão anterior a 11 e Safari versões 6 e anteriores. Se o Suporte a navegador herdado foi desativado, o Target não entregou o conteúdo ou contou os visitantes nos relatórios desses navegadores. Se essa opção tiver sido ativada, é recomendável fazer o controle de qualidade em navegadores mais antigos para garantir uma boa experiência do cliente.

Baixe a at.js

Instruções para baixar a biblioteca usando a interface Target ou a API de download.

OBSERVAÇÃO
  • O Adobe Experience Platform Launch é o método preferido para a implementação do Target e da biblioteca at.js. As informações a seguir não se aplicam ao usar o Adobe Platform launch para implementar o Target.

  • A equipe do Target é compatível com o at.js 1.x e at.js 2.x. Atualize para a atualização mais recente de qualquer versão principal do at.js para garantir que você esteja executando uma versão compatível. Para obter mais informações sobre o que há de novo em cada versão, consulte Detalhes da versão da at.js.

Baixe a at.js usando a interface Target

Para baixar a at.js na interface do Target:

  1. Clique em Administração > Implementação.
  2. Na seção Métodos de implementação, clique no botão Download ao lado da versão at.js desejada.

Baixe a at.js usando a Target API de download

Para baixar a at.js usando a API.

  1. Obtenha o seu código de cliente.

    O código de cliente está disponível na parte superior da página Administration > Implementation da interface Target.

  2. Obtenha o seu número de administrador.

    Carregue este URL:

    https://admin.testandtarget.omniture.com/rest/v1/endpoint/<varname>client code</varname>
    

    Substitua client code pelo código de cliente da Etapa 1.

    O resultado do carregamento deste URL deve ser semelhante ao seguinte exemplo:

    { 
      "api": "https://admin6.testandtarget.omniture.com/admin/rest/v1" 
    }
    

    Neste exemplo, "6" é o número do administrador.

  3. Baixar at.js.

    Carregue este URL com a seguinte estrutura:

    https://admin<varname>admin number</varname>.testandtarget.omniture.com/admin/rest/v1/libraries/atjs/download?client=<varname>client code</varname>&version=<version number>
    
    • Substitua admin number pelo seu número de administrador.
    • Substitua client code pelo código de cliente da Etapa 1.
    • Substitua version number pelo número de versão da at.js desejado (por exemplo, 2.2).
    IMPORTANTE

    A equipe do Target mantém apenas duas versões de at.js—a versão atual e a segunda versão mais recente. Atualize a at.js conforme necessário para garantir que você esteja executando uma versão suportada. Para obter mais informações sobre o que há de novo em cada versão, consulte Detalhes da versão da at.js.

    O carreamento deste URL inicia o download do arquivo da at.js personalizado.

Implementação da at.js

A at.js deve ser implementada no elemento <head> de cada página do site.

Uma implementação típica do Target que não usa um gerenciador de tags como Adobe Platform launch é semelhante a:

<!doctype html> 
<html> 
<head> 
    <meta charset="utf-8"> 
    <title>Title of the Page</title> 
    <!--Preconnect and DNS-Prefetch to improve page load time--> 
    <link rel="preconnect" href="//<client code>.tt.omtrdc.net"> 
    <link rel="dns-prefetch" href="//<client code>.tt.omtrdc.net"> 
    <!--/Preconnect and DNS-Prefetch--> 
    <!--Data Layer to enable rich data collection and targeting--> 
    <script> 
        var digitalData = { 
            "page": { 
                "pageInfo": { 
                    "pageName": "Home" 
                } 
            } 
        }; 
    </script> 
    <!--/Data Layer--> 
    <!-- targetPageParams(), targetPageParamsAll(), Data Providers or targetGlobalSettings() functions to enrich the visitor profile or modify the library settings--> 
    <script> 
        targetPageParams = function() { 
            return { 
                "a": 1, 
                "b": 2, 
                "pageName": digitalData.page.pageInfo.pageName, 
                "profile": { 
                    "age": 26, 
                    "country": { 
                        "city": "San Francisco" 
                    } 
                } 
            }; 
        }; 
    </script> 
    <!--/targetPageParams()--> 
 
    <!--jQuery or other helper libraries should be implemented before at.js if you would like to use their methods in Target--> 
    <script src="jquery-3.3.1.min.js"></script> 
    <!--/jQuery--> 
    <!--Target's JavaScript SDK, at.js--> 
    <script src="at.js"></script> 
    <!--/at.js--> 
</head>
<body> 
    The default content of the page 
</body> 
</html>

Considere as informações importantes a seguir:

  • O HTML5 Doctype (por exemplo, <!doctype html>) deve ser usado. Doctypes não compatíveis ou mais antigos poderiam imperdir o Target de fazer uma solicitação.
  • Pré-conectar e Buscar previamente são opções que podem auxiliar no carregamento mais rápido das páginas da Web. Se você usa essas configurações, certifique-se de substituir <client code> por seu próprio código de cliente, que pode ser obtido na página Administration > **Implementation.
  • Se você tiver uma camada de dados, é ideal definir o máximo dela possível em <head> das suas páginas, antes dos carregamentos da at.js. Essa disposição fornece a capacidade máxima de usar essas informações no Target para personalização.
  • As funções especiais do Target, como targetPageParams(), targetPageParamsAll(), Provedores de dados e targetGlobalSettings() devem ser definidas após a camada de dados e antes dos carregamentos da at.js. Como alternativa, essas funções podem ser salvas na seção Cabeçalho da biblioteca da página Editar configurações da at.js e como parte da própria biblioteca at.js. Para obter mais informações sobre essas funções, consulte Funções da at.js.
  • Se você usar bibliotecas auxiliares do JavaScript, como jQuery, inclua-as antes do Target, para que possa usar a sintaxe e os métodos delas ao criar as experiências do Target.
  • Inclua a at.js no <head> das suas páginas.

Rastrear conversões

A mbox de confirmação de pedido registra detalhes sobre pedidos no seu site e permite a geração de relatórios baseados em receita e pedidos. A mbox de confirmação de pedido também pode impulsionar algoritmos de recomendação, como "Pessoas que compraram o produto x também compraram o produto y".

OBSERVAÇÃO

Se usuários fazem compras no seu site, o Adobe recomenda implementar uma mbox de confirmação de pedido mesmo se você usar o Analytics for Target (A4T) como seu gerador de relatórios.

  1. Na página de detalhes do pedido, insira o script da mbox seguindo o modelo abaixo.

  2. Substitua as PALAVRAS EM LETRAS MAIÚSCULAS por valores dinâmicos ou estáticos do seu catálogo.

    OBSERVAÇÃO

    Utilize delimitação por vírgulas para separar várias IDs de produto.

    Dica: você também pode passar informações de pedido em qualquer mbox (ela não precisa ser chamada orderConfirmPage). Também é possível passar informações de pedidos em várias mboxes dentro da mesma campanha.

    <script type="text/javascript"> 
    adobe.target.trackEvent({ 
        "mbox": "orderConfirmPage", 
        "params":{  
            "orderId": "ORDER ID FROM YOUR ORDER PAGE",  
            "orderTotal": "ORDER TOTAL FROM YOUR ORDER PAGE",  
            "productPurchasedId": "PRODUCT ID FROM YOUR ORDER PAGE, PRODUCT ID2, PRODUCT ID3"  
        } 
    }); 
    </script> 
    

A mbox de confirmação de pedido utiliza os seguintes parâmetros:

Parâmetro Descrição
orderId Valor único para identificar um pedido de contagem de conversão.
O orderId deve ser único. Pedidos duplicados são ignorados em relatórios.
orderTotal Valor monetário para a compra.
Não passe o símbolo de moeda. Use um ponto (não uma vírgula) para indicar valores decimais.
productPurchasedId (Opcional) Lista separada por vírgula de IDs de produtos comprados no pedido.
Essas IDs de produtos são exibidas no relatório de auditoria para suportar análises de relatório adicionais.

Nesta página