Rastreamento da reprodução principal no Chromecast

IMPORTANTE

Esta documentação abrange o rastreamento na versão 2.x do SDK. Se estiver implementando uma versão 1.x do SDK, você pode baixar os Guias dos desenvolvedores 1.x aqui: Baixar SDKs.

  1. Configuração de rastreamento inicial

    Identifique quando o usuário aciona a intenção de reproduzir (o usuário clica em Reproduzir e/ou a reprodução automática está ativada) e crie uma instância MediaObject.

    MediaObjectReferência da API:

    createMediaObject

    mediaObject = ADBMobile.media.createMediaObject(<name>, <id>, <duration>, <streamType>, <mediaType>); 
    

    Constantes deStreamType:

    ADBMobile Media

    Constantes deMediaType:

    ADBMobile Media

  2. Anexar metadados de vídeo

    Opcionalmente, anexe objetos de metadados de vídeo padrão e/ou personalizados à sessão de rastreamento de vídeo por meio de variáveis de dados de contexto.

    • Metadados de vídeo padrão

      Implementar metadados padrão no Chromecast

      OBSERVAÇÃO

      Anexar o objeto de metadados de vídeo padrão ao objeto de mídia é opcional.

    • Metadados personalizados

      Crie um objeto variável para as variáveis personalizadas e preencha com os dados deste vídeo. Por exemplo:

      /* Set custom context data */ 
      var customVideoMetadata = { 
          isUserLoggedIn: "false", 
          tvStation: "Sample TV station", 
          programmer: "Sample programmer" 
      };
      
  3. Rastrear a intenção de iniciar a reprodução

    Para começar a rastrear uma sessão de mídia, chame trackSessionStart no objeto media.

    ADBMobile.media.trackSessionStart(mediaObject, customVideoMetadata);
    
    IMPORTANTE

    trackSessionStart rastreia a intenção de reproduzir do usuário e não o início da reprodução. Essa API é utilizada para carregar os dados/metadados de vídeo e estimar a métrica de tempo do início de QoS (duração entre trackSessionStart e trackPlay).

    OBSERVAÇÃO

    O segundo valor é o nome de objeto dos metadados de vídeo personalizados, criado na etapa 2. Se não estiver utilizando metadados de vídeo personalizados, basta enviar um objeto vazio para o argumento data em trackSessionStart, como mostrado na linha comentada do exemplo de iOS acima.

  4. Rastrear o início real da reprodução

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo a partir do início da reprodução, em que o primeiro quadro do vídeo é renderizado na tela, e chame trackPlay:

    ADBMobile.media.trackPlay();
    
  5. Rastrear a conclusão da reprodução

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para a conclusão da reprodução, onde o usuário assistiu ao conteúdo até o fim, e chame trackComplete:

    ADBMobile.media.trackComplete();
    
  6. Rastrear o final da sessão

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para o descarregamento/encerramento da reprodução, onde o usuário fecha o vídeo, e/ou ele é concluído e descarregado, e chame trackSessionEnd:

    ADBMobile.media.trackSessionEnd();
    
    IMPORTANTE

    trackSessionEnd marca o fim de uma sessão de rastreamento de vídeo. Se a sessão tiver sido assistida até o final, onde o usuário assistiu ao conteúdo até o fim, verifique se trackComplete () é chamado antes de trackSessionEnd. Qualquer outra chamada de API de track* é ignorada depois de trackSessionEnd, exceto por trackSessionStart para uma nova sessão de rastreamento de vídeo.

  7. Rastrear todos os cenários de pausa possíveis

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para vídeos pausados e chame trackPause:

    ADBMobile.media.trackPause();
    

    Pausar cenários

    Identifique qualquer cenário no qual o reprodutor de vídeo será pausado e verifique se trackPause foi chamado corretamente. Os seguintes cenários exigem que o aplicativo chame trackPause():

    • O usuário clica explicitamente em Pausar no aplicativo.
    • O reprodutor se coloca no estado Pausado.
    • (Aplicativos móveis) - O usuário coloca o aplicativo em segundo plano, mas você deseja que o aplicativo mantenha a sessão aberta.
    • (Aplicativos móveis) - Qualquer tipo de interrupção de sistema que ocorra e faça com que um aplicativo seja colocado em segundo plano. Por exemplo, o usuário recebe uma chamada ou um pop-up de outro aplicativo ocorre, mas você deseja que o aplicativo mantenha a sessão ativa para que o usuário possa retomar o vídeo do ponto em que foi interrompido.
  8. Identifique o evento do reprodutor para reprodução e/ou continuação do vídeo a partir da pausa e chame trackPlay:

    ADBMobile.media.trackPlay();
    
    DICA

    Esta pode ser a mesma fonte de evento utilizada na Etapa 4. Verifique se cada chamada trackPause() da API está emparelhada a uma chamada trackPlay() da API quando a reprodução continuar.

Nesta página

Adobe Maker Awards Banner

Time to shine!

Apply now for the 2021 Adobe Experience Maker Awards.

Apply now
Adobe Maker Awards Banner

Time to shine!

Apply now for the 2021 Adobe Experience Maker Awards.

Apply now