Rastreamento da reprodução principal no Chromecast

IMPORTANTE

Esta documentação abrange o rastreamento na versão 2.x do SDK. Se estiver implementando uma versão 1.x do SDK, você pode baixar os Guias dos desenvolvedores 1.x aqui: Baixar SDKs.

  1. Configuração de rastreamento inicial

    Identifique quando o usuário aciona a intenção de reproduzir (o usuário clica em Reproduzir e/ou a reprodução automática está ativada) e crie uma instância MediaObject.

    MediaObjectReferência da API:

    createMediaObject

    mediaObject = ADBMobile.media.createMediaObject(<name>, <id>, <duration>, <streamType>, <mediaType>); 
    

    Constantes deStreamType:

    ADBMobile Media

    Constantes deMediaType:

    ADBMobile Media

  2. Anexar metadados de vídeo

    Opcionalmente, anexe objetos de metadados de vídeo padrão e/ou personalizados à sessão de rastreamento de vídeo por meio de variáveis de dados de contexto.

    • Metadados de vídeo padrão

      Implementar metadados padrão no Chromecast

      OBSERVAÇÃO

      Anexar o objeto de metadados de vídeo padrão ao objeto de mídia é opcional.

    • Metadados personalizados

      Crie um objeto variável para as variáveis personalizadas e preencha com os dados deste vídeo. Por exemplo:

      /* Set custom context data */ 
      var customVideoMetadata = { 
          isUserLoggedIn: "false", 
          tvStation: "Sample TV station", 
          programmer: "Sample programmer" 
      };
      
  3. Rastrear a intenção de iniciar a reprodução

    Para começar a rastrear uma sessão de mídia, chame trackSessionStart no objeto media.

    ADBMobile.media.trackSessionStart(mediaObject, customVideoMetadata);
    
    IMPORTANTE

    trackSessionStart rastreia a intenção de reproduzir do usuário e não o início da reprodução. Essa API é utilizada para carregar os dados/metadados de vídeo e estimar a métrica de tempo do início de QoS (duração entre trackSessionStart e trackPlay).

    OBSERVAÇÃO

    O segundo valor é o nome de objeto dos metadados de vídeo personalizados, criado na etapa 2. Se não estiver utilizando metadados de vídeo personalizados, basta enviar um objeto vazio para o argumento data em trackSessionStart, como mostrado na linha comentada do exemplo de iOS acima.

  4. Rastrear o início real da reprodução

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo a partir do início da reprodução, em que o primeiro quadro do vídeo é renderizado na tela, e chame trackPlay:

    ADBMobile.media.trackPlay();
    
  5. Rastrear a conclusão da reprodução

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para a conclusão da reprodução, onde o usuário assistiu ao conteúdo até o fim, e chame trackComplete:

    ADBMobile.media.trackComplete();
    
  6. Rastrear o final da sessão

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para o descarregamento/encerramento da reprodução, onde o usuário fecha o vídeo, e/ou ele é concluído e descarregado, e chame trackSessionEnd:

    ADBMobile.media.trackSessionEnd();
    
    IMPORTANTE

    trackSessionEnd marca o fim de uma sessão de rastreamento de vídeo. Se a sessão tiver sido assistida até o final, onde o usuário assistiu ao conteúdo até o fim, verifique se trackComplete () é chamado antes de trackSessionEnd. Qualquer outra chamada de API de track* é ignorada depois de trackSessionEnd, exceto por trackSessionStart para uma nova sessão de rastreamento de vídeo.

  7. Rastrear todos os cenários de pausa possíveis

    Identifique o evento no reprodutor de vídeo para vídeos pausados e chame trackPause:

    ADBMobile.media.trackPause();
    

    Pausar cenários

    Identifique qualquer cenário no qual o reprodutor de vídeo será pausado e verifique se trackPause foi chamado corretamente. Os seguintes cenários exigem que o aplicativo chame trackPause():

    • O usuário clica explicitamente em Pausar no aplicativo.
    • O reprodutor se coloca no estado Pausado.
    • (Aplicativos móveis) - O usuário coloca o aplicativo em segundo plano, mas você deseja que o aplicativo mantenha a sessão aberta.
    • (Aplicativos móveis) - Qualquer tipo de interrupção de sistema que ocorra e faça com que um aplicativo seja colocado em segundo plano. Por exemplo, o usuário recebe uma chamada ou um pop-up de outro aplicativo ocorre, mas você deseja que o aplicativo mantenha a sessão ativa para que o usuário possa retomar o vídeo do ponto em que foi interrompido.
  8. Identifique o evento do reprodutor para reprodução e/ou continuação do vídeo a partir da pausa e chame trackPlay:

    ADBMobile.media.trackPlay();
    
    DICA

    Esta pode ser a mesma fonte de evento utilizada na Etapa 4. Verifique se cada chamada trackPause() da API está emparelhada a uma chamada trackPlay() da API quando a reprodução continuar.

Nesta página