Árvore de desempenho

Escopo

O diagrama abaixo serve para fornecer orientação sobre as etapas que precisam ser tomadas para solucionar problemas de desempenho. Ele é dividido em 5 seções para facilitar a leitura.

Cada etapa do diagrama é vinculada a um recurso de documentação ou a uma recomendação.

Pré-requisitos e pressupostos

A suposição é que um problema de desempenho seja observado em uma determinada página (um console AEM ou uma página da Web) e possa ser reproduzido de forma consistente. Ter uma maneira de testar ou monitorar o desempenho é um pré-requisito antes de iniciar a investigação.

A análise começa na etapa 0. O objetivo é determinar qual entidade (dispatcher, host externo ou AEM) é responsável pelo problema de desempenho e, em seguida, determinar qual área (servidor ou rede) deve ser investigada.

Seção 1

chlimage_1-103

Seção 2

chlimage_1-104

Seção 3

chlimage_1-105

Seção 4

chlimage_1-106

Seção 5

chlimage_1-107

Etapa Título Recursos
Etapa 0 Analisar fluxo de solicitação

Você pode usar a análise de solicitação HTTP padrão no navegador para analisar o fluxo de solicitação. Para obter mais informações sobre como fazer isso no Chrome, consulte:

https://developers.google.com/web/tools/chrome-devtools/profile/network-performance/resource-loading
https://developers.google.com/web/tools/chrome-devtools/profile/network-performance/understanding-resource-timing

Etapa 2 As solicitações vêm de hosts externos? Você pode usar a análise de solicitação HTTP padrão no navegador para analisar o fluxo de solicitação. Veja os links acima sobre como fazer isso no Chrome.
Etapa 3 As solicitações podem ser armazenadas em cache? Para obter mais informações sobre solicitações armazenáveis em cache e recomendações gerais de otimização de desempenho do Dispatcher, consulte Otimização de desempenho do Dispatcher.
Etapa 4 As solicitações vêm do Dispatcher?

Verifique a Documentação de depuração do Dispatcher para ver se as solicitações estão armazenadas em cache corretamente.

Etapa 5 O Dispatcher está tentando autenticar cada solicitação via AEM? Verifique se o dispatcher envia HEAD solicitações de AEM para autenticação antes de entregar o recurso em cache. Você pode fazer isso procurando por HEAD solicitações no AEM access.log. Para obter mais informações, consulte Registro.
Etapa 6 A localização geográfica do Dispatcher está longe dos usuários? Mova o Dispatcher para mais perto dos usuários.
Etapa 7 A camada de rede do Dispatcher está correta?
Investigue a camada de rede para problemas de saturação e latência.

Etapa 8 A lentidão é reprodutível com uma instância local?

Use Dia difícil para replicar condições de "mundo real" das instâncias de produção. Se isso não for realista para o ritmo de desenvolvimento, teste a instância de produção (ou uma de preparo idêntica) em um contexto de rede diferente.

Etapa 9 A localização geográfica do servidor está longe dos usuários? Aproxime o servidor dos usuários.
Etapas 10 e 29 Investigar camada de rede

Investigue a camada de rede para problemas de saturação e latência.

Para o nível de criação, é recomendável que a latência não ultrapasse 100 milissegundos.

Para obter mais informações sobre dicas de otimização de desempenho, consulte esta página.

Etapa 11 Aproxime o servidor ou adicione um por região
Etapa 12 Solução de problemas AEM servidor Verifique as seguintes subetapas no diagrama para obter mais informações.
Etapa 13 Verificar requisitos de hardware Verifique a documentação em Diretrizes de dimensionamento do hardware.
Etapa 14 Verifique se há causas frequentes de problemas de desempenho
Etapa 15 Localizar solicitações lentas

Você pode verificar se há solicitações lentas analisando o request.log ou usando rlog.jar.

Para obter mais informações sobre o uso do rlog.jar, consulte esta página.

Consulte Usar o rlog.jar para localizar solicitações com tempos de longa duração.

Etapa 16 Servidor de perfil

Para obter informações sobre ferramentas de criação de perfis que podem ser usadas com AEM, consulte Ferramentas para monitorar e analisar o desempenho.

Etapa 17 Encontre métodos lentos na criação de perfis
Etapa 18 Cenários comuns de criação de perfis Consulte Análise de cenários específicos na seção Otimização de desempenho .
Etapa 19 CPU 100% https://helpx.adobe.com/br/experience-manager/6-3/sites-deploying/monitoring-and-maintaining.html#MonitoringPerformance
Etapa 20 Memória insuficiente
  1. Sem memória
  2. Meu aplicativo lança erros de falta de memória
  3. Analise problemas de memória na Helpx.
Etapa 21 E/S de disco

Consulte a E/S de disco na documentação Monitoramento e manutenção.

Etapas 22 e 22.1 Taxa de cache Consulte Calculando a Taxa de Cache do Dispatcher.

Etapa 23 Consultas lentas Práticas recomendadas para consultas e indexação
Etapa 24 Ajuste do repositório
Etapa 25 Fluxos de trabalho em execução

Etapa 26 Infraestrutura MSM

Práticas recomendadas do Multi Site Manager

Etapa 27 Ajuste de ativos
  1. Serviço de sincronização de ativos
  2. Várias instâncias do DAM
  3. Artigos sobre dicas de ajuste de desempenho here e here.
Etapa 28 Sessões não fechadas

Verificando se há sessões JCR não fechadas

Etapa 30 Mover o dispatcher para mais perto (adicionar um por "região"?)
Etapa 31 Usar CDN na frente do dispatcher Uso do Dispatcher com um CDN
Etapa 32 Use o gerenciamento de sessões no nível do dispatcher para descarregar AEM servidor

Ativar sessões seguras

Etapa 33 Tornar solicitações armazenáveis em cache
  1. Configuração geral do Dispatcher
  2. Configuração do Cache do Dispatcher

Como melhorar a taxa de cache; fazer solicitações com capacidade de cache (práticas recomendadas do Dispatcher)

Além disso, considere as configurações abaixo para otimizar suas configurações de cache

  1. Definir uma regra sem cache para solicitações HTTP que não são GET
  2. Configurar cadeias de consulta para não poder ser armazenadas em cache
  3. Não armazene URLs em cache com extensões ausentes
  4. Cabeçalhos de autenticação de cache (possível desde a versão 4.1.10 do Dispatcher)
Etapa 34 Atualizar versão do dispatcher

Você pode baixar a versão mais recente do Dispatcher neste local:

Seguir link

Etapa 35 Configurar dispatcher Configuração do Dispatcher
Etapa 36 Verificar invalidação do cache
Etapas 37 e 38 Carregamento lento Consulte a Sessão Gem em Desempenho AEM Web.
Etapa 39 Usar pré-conexão para reduzir a sobrecarga da conexão Consulte a Sessão Gem indicada acima. Além disso, pré-conexão de documentação adicional no W3c: https://www.w3.org/TR/resource-hints/#dfn-preconnect
Etapas 40 e 41
Latência e tempo de resposta de hosts externos Investigue a latência e o tempo de resposta dos hosts externos.
Etapas 45
e 47

Uso de HTTP/2 Consulte a Sessão Gem para ver as etapas 37, 38 e 39. Além disso, confira this publicação do fórum no suporte HTTP/2.
Etapa 49 Reduzir tamanho da carga Ativar o Gzip e reduzir o tamanho da imagem.
Etapas 42 e 43 Keep-Alive

É o Keep-Alive cabeçalho presente nas diferentes solicitações para reutilizar conexões? Caso contrário, significaria que cada pedido levaria a outro estabelecimento de conexão, o que introduz despesas gerais desnecessárias. (Análise de solicitação HTTP padrão no navegador)

Você pode verificar o Ferramenta Servidor Proxy para verificar se há conexões Keep-Alive.

Etapa 44 Quantos pedidos são feitos? Execute a análise de solicitação HTTP padrão no navegador.
Etapa 46 Reduzir o número de solicitações
  1. Concatenar recursos (imagens, sprites de CSS, JSON etc.)
  2. Incorporação de clientlibs:
    1. Criação de pastas da biblioteca do cliente - consulte cabeçalho Uso da incorporação para minimizar solicitações
Etapa 48 Qual é o tamanho da carga? Análise de solicitação HTTP padrão no navegador
Etapas 50 e 51 Bloqueio de código JS https://docs.adobe.com/ddc/en/gems/aem-web-performance.html

Nesta página