Processar ativos usando workflows e manipuladores de mídia

Adobe Experience Manager Assets vem com um conjunto de workflows padrão e manipuladores de mídia para processar ativos. Um fluxo de trabalho define as tarefas a serem executadas nos ativos e, em seguida, delega as tarefas específicas aos manipuladores de mídia, por exemplo, geração de miniaturas ou extração de metadados.

Um fluxo de trabalho pode ser configurado para ser executado automaticamente quando um ativo de um tipo MIME específico é carregado. As etapas de processamento são definidas em termos de uma série de Assets manipuladores de mídia. Experience Manager fornece alguns manipuladores integrados e outros podem ser personalizados desenvolvedores ou definidos delegando o processo a uma ferramenta de linha de comando.

Os manipuladores de mídia são serviços em Assets que executam ações específicas em ativos. Por exemplo, quando um arquivo de áudio MP3 é carregado em Experience Manager, um fluxo de trabalho aciona um manipulador MP3 que extrai os metadados e gera uma miniatura. Geralmente, os manipuladores de mídia são usados em combinação com workflows. Os tipos MIME mais comuns são suportados em Experience Manager. Tarefas específicas podem ser executadas em ativos estendendo/criando workflows, estendendo/criando manipuladores de mídia ou desabilitando/habilitando manipuladores de mídia.

OBSERVAÇÃO

Consulte a página Formatos suportados pelos ativos para obter uma descrição de todos os formatos suportados por Assets, bem como dos recursos suportados para cada formato.

Manipuladores de mídia padrão

Os seguintes manipuladores de mídia estão disponíveis em Assets e manipulam os tipos MIME mais comuns:

Nome do manipulador Nome do serviço (no console do sistema) Tipos MIME suportados
TextHandler com.day.cq.dam.core.impl.handler.TextHandler text/plain
PdfHandler com.day.cq.dam.handler.standard.pdf.PdfHandler
  • application/pdf
  • application/illustrator
JpegHandler com.day.cq.dam.core.impl.handler.JpegHandler image/jpeg
Mp3Handler com.day.cq.dam.handler.standard.mp3.Mp3Handler audio/mpeg
ZipHandler com.day.cq.dam.handler.standard.zip.ZipHandler
  • application/java-archive
  • application/zip
PictHandler com.day.cq.dam.handler.standard.pict.PictHandler image/pict
StandardImageHandler com.day.cq.dam.core.impl.handler.StandardImageHandler
  • image/gif
  • image/png
  • aplicativo/photoshop
  • image/jpeg
  • image/tiff
  • image/x-ms-bmp
  • image/bmp
MSOfficeHandler com.day.cq.dam.handler.standard.msoffice.MSOfficeHandler application/msword
MSPowerPointHandler com.day.cq.dam.handler.standard.msoffice.MSPowerPointHandler application/vnd.ms-powerpoint
OpenOfficeHandler com.day.cq.dam.handler.standard.ooxml.OpenOfficeHandler
  • application/vnd.openxmlformats-officedocument.wordprocessingml.document
  • application/vnd.openxmlformats-officedocument.spreadsheetml.sheet
  • application/vnd.openxmlformats-officedocument.presentationml.presentation
EPubHandler com.day.cq.dam.handler.standard.epub.EPubHandler application/epub+zip
GenericAssetHandler com.day.cq.dam.core.impl.handler.GenericAssetHandler fallback caso nenhum outro manipulador tenha sido encontrado para extrair dados de um ativo

Todos os manipuladores executam as seguintes tarefas:

  • extrair todos os metadados disponíveis do ativo.
  • criação de uma imagem em miniatura de um ativo.

Para visualização dos manipuladores de mídia ativos:

  1. No navegador, navegue até http://localhost:4502/system/console/components.
  2. Clique em com.day.cq.dam.core.impl.store.AssetStoreImpl.
  3. Uma lista com todos os manipuladores de mídia ativos é exibida. Por exemplo:

chlimage_1-437

Use manipuladores de mídia em workflows para executar tarefas em ativos

Os manipuladores de mídia são serviços normalmente usados em combinação com workflows.

Experience Manager tem alguns workflows padrão para processar ativos. Para visualização, abra o console Fluxo de trabalho e clique na guia Modelos: os títulos de fluxo de trabalho que são start com Assets são os ativos específicos.

Workflows existentes podem ser estendidos e novos podem ser criados para processar ativos de acordo com requisitos específicos.

O exemplo a seguir mostra como aprimorar o fluxo de trabalho de Sincronização do AEM Assets para que os ativos secundários sejam gerados para todos os ativos, exceto documentos PDF.

Desabilitar ou habilitar um manipulador de mídia

Os manipuladores de mídia podem ser desativados ou ativados por meio do Console de gerenciamento da Web do Apache Felix. Quando o manipulador de mídia está desativado, suas tarefas não são executadas nos ativos.

Para ativar/desativar um manipulador de mídia:

  1. No navegador, navegue até https://<host>:<port>/system/console/components.
  2. Clique em Desativar ao lado do nome do manipulador de mídia. Por exemplo: com.day.cq.dam.handler.standard.mp3.Mp3Handler.
  3. Atualize a página: um ícone é exibido ao lado do manipulador de mídia indicando que ele está desativado.
  4. Para ativar o manipulador de mídia, clique em Ativar ao lado do nome do manipulador de mídia.

Criar um novo manipulador de mídia

Para suportar um novo tipo de mídia ou para executar tarefas específicas em um ativo, é necessário criar um novo manipulador de mídia. Esta seção descreve como proceder.

Classes e interfaces importantes

A melhor maneira de start de uma implementação é herdar de uma implementação abstrata fornecida que cuida da maioria das coisas e fornece um comportamento padrão razoável: a classe com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler.

Essa classe já fornece um descritor de serviço abstrato. Portanto, se você herdar dessa classe e usar o plug-in maven-sling-sling, certifique-se de definir o sinalizador de herança como true.

Implemente os seguintes métodos:

  • extractMetadata(): extrai todos os metadados disponíveis.
  • getThumbnailImage(): cria uma imagem em miniatura do ativo passado.
  • getMimeTypes(): retorna os tipos MIME do ativo.

Este é um modelo de exemplo:

package my.own.stuff; /** * @scr.component inherit="true" * @scr.service */ public class MyMediaHandler extends com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler { // implement the relevant parts }

A interface e as classes incluem:

  • com.day.cq.dam.api.handler.AssetHandler interface: Esta interface descreve o serviço que adiciona suporte para tipos MIME específicos. A adição de um novo tipo MIME requer a implementação dessa interface. A interface contém métodos para importar e exportar os documentos específicos, para criar miniaturas e extrair metadados.
  • com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler classe: Essa classe serve como base para todas as outras implementações do manipulador de ativos e fornece funcionalidade comum.
  • classe com.day.cq.dam.core.AbstractSubAssetHandler:
    • Essa classe serve como base para todas as outras implementações do manipulador de ativos e fornece funcionalidade comum usada, além da funcionalidade comum usada para extração de subativos.
    • A melhor maneira de start de uma implementação é herdar de uma implementação abstrata fornecida que cuida da maioria das coisas e fornece um comportamento padrão razoável: a classe com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler.
    • Essa classe já fornece um descritor de serviço abstrato. Portanto, se você herdar desta classe e usar o plug-in maven-sling-sling, certifique-se de definir o sinalizador de herança como verdadeiro.

É necessário implementar os seguintes métodos:

  • extractMetadata(): este método extrai todos os metadados disponíveis.
  • getThumbnailImage(): esse método cria uma imagem em miniatura do ativo passado.
  • getMimeTypes(): este método retorna o(s) tipo(s) MIME do ativo.

Este é um modelo de exemplo:

empacotar my.own.stuff /&ast;&ast; &ast; @scr.component hereit="true" &ast; @scr.service &ast;/ classe pública MyMediaHandler estende com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler

A interface e as classes incluem:

  • com.day.cq.dam.api.handler.AssetHandler interface: Esta interface descreve o serviço que adiciona suporte para tipos MIME específicos. A adição de um novo tipo MIME requer a implementação dessa interface. A interface contém métodos para importar e exportar os documentos específicos, para criar miniaturas e extrair metadados.
  • com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler classe: Essa classe serve como base para todas as outras implementações do manipulador de ativos e fornece funcionalidade comum.
  • com.day.cq.dam.core.AbstractSubAssetHandler classe: Essa classe serve como base para todas as outras implementações do manipulador de ativos e fornece funcionalidade comum usada, além da funcionalidade usada comum para a extração de subativos.

Exemplo: criar um manipulador de texto específico

Nesta seção, você criará um manipulador de texto específico que gera miniaturas com uma marca d'água.

Proceda do seguinte modo:

Consulte Ferramentas de Desenvolvimento para instalar e configurar o Eclipse com um plug-in Maven e para configurar as dependências necessárias para o projeto Maven.

Depois de executar o procedimento a seguir, ao carregar um arquivo TXT em Experience Manager, os metadados do arquivo são extraídos e duas miniaturas com uma marca d'água são geradas.

  1. No Eclipse, crie o projeto myBundle Maven:

    1. Na barra de menus, clique em Arquivo > Novo > Outro.

    2. Na caixa de diálogo, expanda a pasta Maven, selecione Maven projeto e clique em Próximo.

    3. Marque a caixa Criar um projeto simples e a caixa Usar locais padrão da Workspace e clique em Próximo.

    4. Defina um projeto Maven:

      • ID do grupo: com.day.cq5.myhandler.
      • Id do artefato: myBundle.
      • Nome: Meu pacote Experience Manager.
      • Descrição: Este é meu pacote Experience Manager.
    5. Clique em Concluir.

  2. Defina o compilador Java para a versão 1.5:

    1. Clique com o botão direito do mouse no projeto myBundle, selecione Propriedades.

    2. Selecione Compilador Java e defina as seguintes propriedades como 1.5:

      • Nível de conformidade do compilador
      • Compatibilidade de arquivos .class gerada
      • Compatibilidade de origem
    3. Clique em OK. Na janela de diálogo, clique em Yes.

  3. Substitua o código no arquivo pom.xml pelo seguinte código:

    <project xmlns="https://maven.apache.org/POM/4.0.0" xmlns:xsi="https://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance"
     xsi:schemaLocation="https://maven.apache.org/POM/4.0.0 https://maven.apache.org/maven-v4_0_0.xsd">
     <modelVersion>4.0.0</modelVersion>
     <!-- ====================================================================== -->
     <!-- P A R E N T P R O J E C T D E S C R I P T I O N -->
     <!-- ====================================================================== -->
     <parent>
      <groupId>com.day.cq.dam</groupId>
      <artifactId>dam</artifactId>
      <version>5.2.14</version>
      <relativePath>../parent</relativePath>
     </parent>
     <!-- ====================================================================== -->
     <!-- P R O J E C T D E S C R I P T I O N -->
     <!-- ====================================================================== -->
     <groupId>com.day.cq5.myhandler</groupId>
     <artifactId>myBundle</artifactId>
     <name>My CQ5 bundle</name>
     <version>0.0.1-SNAPSHOT</version>
     <description>This is my CQ5 bundle</description>
     <packaging>bundle</packaging>
     <!-- ====================================================================== -->
     <!-- B U I L D D E F I N I T I O N -->
     <!-- ====================================================================== -->
     <build>
      <plugins>
       <plugin>
        <groupId>org.apache.felix</groupId>
        <artifactId>maven-scr-plugin</artifactId>
       </plugin>
       <plugin>
        <groupId>org.apache.sling</groupId>
        <artifactId>maven-sling-plugin</artifactId>
        <configuration>
         <slingUrlSuffix>/libs/dam/install/</slingUrlSuffix>
        </configuration>
       </plugin>
       <plugin>
        <groupId>org.apache.felix</groupId>
        <artifactId>maven-bundle-plugin</artifactId>
        <extensions>true</extensions>
        <configuration>
         <instructions>
          <Bundle-Category>cq5</Bundle-Category>
          <Export-Package> com.day.cq5.myhandler </Export-Package>
         </instructions>
        </configuration>
       </plugin>
      </plugins>
     </build>
     <!-- ====================================================================== -->
     <!-- D E P E N D E N C I E S -->
     <!-- ====================================================================== -->
     <dependencies>
      <dependency>
       <groupId>com.day.cq.dam</groupId>
       <artifactId>cq-dam-api</artifactId>
       <version>5.2.10</version>
       <scope>provided</scope>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.cq.dam</groupId>
       <artifactId>cq-dam-core</artifactId>
       <version>5.2.10</version>
       <scope>provided</scope>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.cq</groupId>
       <artifactId>cq-commons</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>javax.jcr</groupId>
       <artifactId>jcr</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>org.apache.felix</groupId>
       <artifactId>org.osgi.compendium</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>org.slf4j</groupId>
       <artifactId>slf4j-api</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>commons-lang</groupId>
       <artifactId>commons-lang</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>commons-collections</groupId>
       <artifactId>commons-collections</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>commons-io</groupId>
       <artifactId>commons-io</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.commons</groupId>
       <artifactId>day-commons-gfx</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.commons</groupId>
       <artifactId>day-commons-text</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.cq.workflow</groupId>
       <artifactId>cq-workflow-api</artifactId>
      </dependency>
      <dependency>
       <groupId>com.day.cq.wcm</groupId>
       <artifactId>cq-wcm-foundation</artifactId>
       <version>5.2.22</version>
      </dependency>
     </dependencies>
    
  4. Crie o pacote com.day.cq5.myhandler que contém as classes Java em myBundle/src/main/java:

    1. Em myBundle, clique com o botão direito do mouse em src/main/java, selecione New (Novo) e Package (Pacote).
    2. Nomeie-o como com.day.cq5.myhandler e clique em Concluir.
  5. Crie a classe Java MyHandler:

    1. Em Eclipse, em myBundle/src/main/java, clique com o botão direito do mouse no pacote com.day.cq5.myhandler. Selecione Novo, em seguida Classe.
    2. Na janela de diálogo, nomeie a classe Java MyHandler e clique em Concluir. Eclipse cria e abre o arquivo MyHandler.java.
    3. Em MyHandler.java, substitua o código existente pelo seguinte e salve as alterações:
    package com.day.cq5.myhandler;
    import java.awt.Color;
    import java.awt.Rectangle;
    import java.awt.image.BufferedImage;
    import java.io.IOException;
    import java.io.InputStream;
    import java.io.InputStreamReader;
    import javax.jcr.Node;
    import javax.jcr.RepositoryException;
    import javax.jcr.Session;
    import org.apache.commons.io.IOUtils;
    import org.slf4j.Logger;
    import org.slf4j.LoggerFactory;
    import com.day.cq.dam.api.metadata.ExtractedMetadata;
    import com.day.cq.dam.core.AbstractAssetHandler;
    import com.day.image.Font;
    import com.day.image.Layer;
    import com.day.cq.wcm.foundation.ImageHelper;
    
    /**
     * The <code>MyHandler</code> can extract text files
     * @scr.component inherit="true" immediate="true" metatype="false"
     * @scr.service
     *
     **/
    
    public class MyHandler extends AbstractAssetHandler {
     /** * Logger instance for this class. */
     private static final Logger log = LoggerFactory.getLogger(MyHandler.class);
     /** * Music icon margin */
     private static final int MARGIN = 10;
     /** * @see com.day.cq.dam.api.handler.AssetHandler#getMimeTypes() */
     public String[] getMimeTypes() {
      return new String[] {"text/plain"};
     }
    
     public ExtractedMetadata extractMetadata(Node asset) {
      ExtractedMetadata extractedMetadata = new ExtractedMetadata();
      InputStream data = getInputStream(asset);
      try {
       // read text data
       InputStreamReader reader = new InputStreamReader(data);
       char[] buffer = new char[4096];
       String text = "";
       while (reader.read(buffer) != -1) {
        text += new String(buffer);
       }
       reader.close();
       long wordCount = this.wordCount(text);
       extractedMetadata.setProperty("text", text);
       extractedMetadata.setMetaDataProperty("Word Count",wordCount);
       setMimetype(extractedMetadata, asset);
      } catch (Throwable t) {
       log.error("handling error: " + t.toString(), t);
      } finally {
       IOUtils.closeQuietly(data);
      }
      return extractedMetadata; }
     // ----------------------< helpers >----------------------------------------
     protected BufferedImage getThumbnailImage(Node node) {
      ExtractedMetadata metadata = extractMetadata(node);
      final String text = (String) metadata.getProperty("text");
      // create text layer
      final Layer layer = new Layer(500, 600, Color.WHITE);
      layer.setPaint(Color.black);
      Font font = new Font("Arial", 12);
      String displayText = this.getDisplayText(text, 600, 12);
      if(displayText!=null && displayText.length() > 0) {
       // commons-gfx Font class would throw IllegalArgumentException on empty or null text
       layer.drawText(10, 10, 500, 600, displayText, font, Font.ALIGN_LEFT, 0, 0);
      }
      // create watermark and merge with text layer
      Layer watermarkLayer;
      try {
       final Session session = node.getSession();
       watermarkLayer = ImageHelper.createLayer(session, "/content/dam/geometrixx/icons/certificate.png");
       watermarkLayer.setX(MARGIN);
       watermarkLayer.setY(MARGIN);
       layer.merge(watermarkLayer);
      } catch (RepositoryException e) {
       // TODO Auto-generated catch block
       e.printStackTrace();
      } catch (IOException e) {
       // TODO Auto-generated catch block
       e.printStackTrace(); }
      layer.crop(new Rectangle(510, 600));
      return layer.getImage(); }
     // ---------------< private >-----------------------------------------------
     /**
      * This method cuts lines if the text file is too long..
      * * @param text
      * * text to check
      * * @param height
      * * text box height (px)
      * * @param fontheight
      * * font height (px)
      * * @return the text which will fit into the box
      */
     private String getDisplayText(String text, int height, int fontheight) {
      String trimmedText = text.trim();
      int numOfLines = height / fontheight;
      String lines[] = trimmedText.split("\n");
      if (lines.length <= numOfLines) {
       return trimmedText;
      } else {
       String cuttetText = "";
       for (int i = 0; i < numOfLines; i++) {
        cuttetText += lines[i] + "\n";
       }
       return cuttetText;
      }
     }
     /**
      * * This method counts the number of words in a string
      * * @param text the String whose words would like to be counted
      * * @return the number of words in the string
      * */
     private long wordCount(String text) {
      // We need to keep track of the last character, if we have two whitespaces in a row we don't want to double count.
      // The starting of the document is always a whitespace.
      boolean prevWhiteSpace = true;
      boolean currentWhiteSpace = true;
      char c; long numwords = 0;
      int j = text.length();
      int i = 0;
      while (i < j) {
       c = text.charAt(i++);
       if (c == 0) { break; }
       currentWhiteSpace = Character.isWhitespace(c);
       if (currentWhiteSpace && !prevWhiteSpace) { numwords++; }
       prevWhiteSpace = currentWhiteSpace;
      }
      // If we do not end with a whitespace then we need to add one extra word.
      if (!currentWhiteSpace) { numwords++; }
      return numwords;
     }
    }
    
  6. Compile a classe Java e crie o pacote:

    1. Clique com o botão direito do mouse no projeto myBundle, selecione Executar como e Instalação Maven.
    2. O pacote myBundle-0.0.1-SNAPSHOT.jar (que contém a classe compilada) é criado em myBundle/target.
  7. No CRX explorer, crie um novo nó em /apps/myApp. Nome = install, Tipo = nt:folder.

  8. Copie o pacote myBundle-0.0.1-SNAPSHOT.jar e armazene-o em /apps/myApp/install (por exemplo, com WebDAV). O novo manipulador de texto agora está ativo em Experience Manager.

  9. No seu navegador, abra o Console de gerenciamento da Web do Apache Felix. Selecione a guia Components e desative o manipulador de texto padrão com.day.cq.dam.core.impl.handler.TextHandler.

Manipulador de mídia baseado na Linha de Comando

Experience Manager permite que você execute qualquer ferramenta de linha de comando em um fluxo de trabalho para converter ativos (como ImageMagick) e adicionar a nova representação ao ativo. Você só precisa instalar a ferramenta de linha de comando no disco que hospeda o servidor Experience Manager e adicionar e configurar uma etapa do processo para o fluxo de trabalho. O processo chamado, chamado CommandLineProcess, também permite filtrar de acordo com tipos MIME específicos e criar várias miniaturas com base na nova execução.

As conversões a seguir podem ser executadas e armazenadas automaticamente em Assets:

  • Transformação de EPS e AI usando ImageMagick e Ghostscript.
  • Transcodificação de vídeo FLV usando FFmpeg.
  • Codificação MP3 usando LAME.
  • Processamento de áudio usando SOX.
OBSERVAÇÃO

Em sistemas que não sejam Windows, a ferramenta FFmpeg retorna um erro ao gerar execuções para um ativo de vídeo que tem uma única citação (') em seu nome de arquivo. Se o nome do arquivo de vídeo incluir uma única citação, remova-a antes de fazer upload para Experience Manager.

O processo CommandLineProcess executa as seguintes operações na ordem em que são listadas:

  • Filtros o arquivo de acordo com tipos MIME específicos, se especificado.
  • Cria um diretório temporário no disco que hospeda o servidor Experience Manager.
  • Transmite o arquivo original para o diretório temporário.
  • Executa o comando definido pelos argumentos da etapa. O comando está sendo executado no diretório temporário com as permissões do usuário que está executando Experience Manager.
  • Transmite o resultado de volta para a pasta de renderização do servidor Experience Manager.
  • Exclui o diretório temporário.
  • Cria miniaturas com base nessas execuções, se especificado. O número e as dimensões das miniaturas são definidos pelos argumentos da etapa.

Um exemplo usando ImageMagick

O exemplo a seguir mostra como configurar a etapa do processo da linha de comando para que cada vez que um ativo com o eMIME GIF ou TIFF for adicionado a /content/dam no servidor Experience Manager, uma imagem invertida do original seja criada junto com três miniaturas adicionais (140x100, 48x48 e 10x22) 50).

Para fazer isso, use ImageMagick. ImageMagick é um software gratuito de linha de comando usado para criar, editar e compor imagens de bitmap.

Instale ImageMagick no disco que hospeda o servidor Experience Manager:

  1. Instale ImageMagick: Consulte Documentação do ImageMagick.

  2. Configure a ferramenta para que você possa executar a conversão na linha de comando.

  3. Para ver se a ferramenta está instalada corretamente, execute o seguinte comando convert -h na linha de comando.

    Ele exibe uma tela de ajuda com todas as opções possíveis da ferramenta de conversão.

    OBSERVAÇÃO

    Em algumas versões do Windows, o comando de conversão pode falhar ao ser executado porque está em conflito com o utilitário de conversão nativo que faz parte da instalação Windows. Nesse caso, mencione o caminho completo do software ImageMagick usado para converter arquivos de imagem em miniaturas. Por exemplo, "C:\Program Files\ImageMagick-6.8.9-Q16\convert.exe" -define jpeg:size=319x319 ${filename} -thumbnail 319x319 cq5dam.thumbnail.319.319.png.

  4. Para ver se a ferramenta é executada corretamente, adicione uma imagem JPG ao diretório de trabalho e execute o comando convert <image-name>.jpg -flip <image-name>-flipped.jpg na linha de comando. Uma imagem virada é adicionada ao diretório. Em seguida, adicione a etapa do processo da linha de comando ao fluxo de trabalho Atualizar ativo do DAM.

  5. Vá para o console Fluxo de trabalho.

  6. Na guia Modelos, edite o modelo Ativo de atualização do DAM.

  7. Altere os Argumentos da etapa representação ativada pela Web para: mime:image/gif,mime:image/tiff,tn:140:100,tn:48:48,tn:10:250,cmd:convert ${directory}/${filename} -flip ${directory}/${basename}.flipped.jpg.

  8. Salve o fluxo de trabalho.

Para testar o fluxo de trabalho modificado, adicione um ativo a /content/dam.

  1. No sistema de arquivos, obtenha uma imagem TIFF de sua escolha. Renomeie-o para myImage.tiff e copie-o para /content/dam, por exemplo usando WebDAV.
  2. Vá para o console CQ5 DAM, por exemplo http://localhost:4502/libs/wcm/core/content/damadmin.html.
  3. Abra o ativo myImage.tiff e verifique se a imagem invertida e as três miniaturas foram criadas.

Configurar a etapa do processo CommandLineProcess

Esta seção descreve como definir os Argumentos de processo do CommandLineProcess.

Separe os valores de Processar Argumentos usando vírgula e não a start com um espaço em branco.

Formato do argumento Descrição
mime:<mime-type> Argumento opcional. O processo é aplicado se o ativo tiver o mesmo tipo MIME do argumento.
Vários tipos MIME podem ser definidos.
tn:<largura>:<altura> Argumento opcional. O processo cria uma miniatura com as dimensões definidas no argumento.
Várias miniaturas podem ser definidas.
cmd: <comando> Define o comando que é executado. A sintaxe depende da ferramenta de linha de comando. Somente um comando pode ser definido.
As seguintes variáveis podem ser usadas para criar o comando:
${filename}: nome do arquivo de entrada, por exemplo original.jpg
${file}: nome completo do caminho do arquivo de entrada, por exemplo /tmp/cqdam0816.tmp/original.jpg
${directory}: diretório do arquivo de entrada, por exemplo /tmp/cqdam0816.tmp
${basename}: nome do arquivo de entrada sem sua extensão, por exemplo original
${extension}: extensão do arquivo de entrada, por exemplo, JPG.

Por exemplo, se ImageMagick estiver instalado no disco que hospeda o servidor Experience Manager e se você criar uma etapa do processo usando CommandLineProcess como Implementação e os seguintes valores como Argumentos do Processo:

mime:image/gif,mime:image/tiff,tn:140:100,tn:48:48,tn:10:250,cmd:convert ${directory}/${filename} -flip ${directory}/${basename}.flipped.jpg

então, quando o fluxo de trabalho é executado, a etapa se aplica somente aos ativos que têm image/gif ou mime:image/tiff como mime-types, cria uma imagem invertida do original, converte-a em JPG e cria três miniaturas que têm as dimensões: 140 x 100, 48 x 48 e 10 x 250.

Use os seguintes Argumentos de Processo para criar as três miniaturas padrão usando ImageMagick:

mime:image/tiff,mime:image/png,mime:image/bmp,mime:image/gif,mime:image/jpeg,cmd:convert ${filename} -define jpeg:size=319x319 -thumbnail "319x319>" -background transparent -gravity center -extent 319x319 -write png:cq5dam.thumbnail.319.319.png -thumbnail "140x100>" -background transparent -gravity center -extent 140x100 -write cq5dam.thumbnail.140.100.png -thumbnail "48x48>" -background transparent -gravity center -extent 48x48 cq5dam.thumbnail.48.48.png

Use os seguintes Argumentos de Processo para criar a execução ativada pela Web usando ImageMagick:

mime:image/tiff,mime:image/png,mime:image/bmp,mime:image/gif,mime:image/jpeg,cmd:convert ${filename} -define jpeg:size=1280x1280 -thumbnail "1280x1280>" cq5dam.web.1280.1280.jpeg

OBSERVAÇÃO

A etapa CommandLineProcess aplica-se apenas a ativos (nós do tipo dam:Asset) ou descendentes de um ativo.

Nesta página

Adobe Summit Banner

A virtual event April 27-28.

Expand your skills and get inspired.

Register for free
Adobe Summit Banner

A virtual event April 27-28.

Expand your skills and get inspired.

Register for free