Usar o PDF Rasterizer

Ao fazer upload de arquivos PDF ou AI grandes e com uso intenso de conteúdo para Adobe Experience Manager Assets, a biblioteca padrão pode não gerar uma saída precisa. O Adobe pode gerar uma saída mais confiável e precisa em comparação com uma biblioteca padrão. O Adobe recomenda usar a biblioteca Rasterizer de PDF para os seguintes cenários:

O Adobe recomenda usar a biblioteca Rasterizer de PDF para o seguinte:

  • Arquivos AI ou PDF com grande quantidade de conteúdo.
  • Arquivos AI e PDF com miniaturas que não são geradas por padrão.
  • Arquivos AI com cores Pantone Matching System (PMS).

As miniaturas e visualizações geradas com o PDF Rasterizer têm melhor qualidade em comparação com a saída predefinida e, portanto, fornecem uma experiência de visualização consistente em todos os dispositivos. A biblioteca Adobe PDF Rasterizer não oferece suporte a nenhuma conversão de espaço de cores. Ele sempre gera para RGB independentemente do espaço de cores do arquivo de origem.

  1. Instale o pacote PDF Rasterizer na sua implantação Adobe Experience Manager a partir de Distribuição de software.

    OBSERVAÇÃO

    A biblioteca PDF Rasterizer está disponível somente para Windows e Linux.

  2. Acesse o console Assets do workflow em https://[aem_server]:[port]/workflow. Abra o DAM Update Asset fluxo de trabalho.

  3. Para impedir a geração de miniaturas e renderizações da Web para arquivos PDF e arquivos AI usando os métodos padrão, siga estas etapas:

    • Abra a etapa Processar miniaturas e adicione application/pdf ou application/postscript no campo Ignorar tipos MIME na guia Miniaturas conforme necessário.

    skip_mime_types-2

    • Na guia Imagem ativada pela Web, adicione application/pdf ou application/postscript em Ignorar lista dependendo de seus requisitos.

    Configuração para ignorar o processamento de miniaturas em um formato de imagem

  4. Abra a etapa Rasterizar PDF/Representação de visualização de imagem AI e remova o tipo MIME para o qual deseja ignorar a geração padrão de representações de imagens de visualização. Por exemplo, remova o tipo MIME application/pdf, application/postscript ou application/illustrator da lista MIME Types.

    process_arguments

  5. Arraste a etapa Manipulador de rasterizador de PDF do painel lateral para abaixo da etapa Processar miniaturas.

  6. Configure os seguintes argumentos para a etapa Manipulador de Rasterizador de PDF:

    • Tipos MIME: application/pdf ou application/postscript
    • Comandos: PDFRasterizer -d -s 1280 -t PNG -i ${file}
    • Adicionar tamanhos de miniatura: 319:319, 140:100, 48:48. Adicione a configuração personalizada de miniatura, se necessário.

    Os argumentos da linha de comando para o comando PDFRasterizer podem incluir o seguinte:

    • -d: Sinalizador para permitir uma renderização suave do texto, da arte-final vetorial e das imagens. Cria imagens de melhor qualidade. No entanto, incluir esse parâmetro faz com que o comando seja executado lentamente e aumente o tamanho das imagens.

    • -s: Dimensão máxima da imagem (altura ou largura). Isso é convertido em DPI para cada página. Se as páginas tiverem um tamanho diferente, cada página poderá ser dimensionada de forma diferente. O padrão é o tamanho real da página.

    • -t: Tipo de imagem de saída. Os tipos válidos são JPEG, PNG, GIF e BMP. O valor padrão é JPEG.

    • -i: Caminho para entrada de PDF. É um parâmetro obrigatório.

    • -h: Ajuda

  7. Para excluir representações intermediárias, selecione Excluir representação gerada.

  8. Para permitir que o PDF Rasterizer gere renderizações da Web, selecione Gerar representação da Web.

    generate_web_renditions1

  9. Especifique as configurações na guia Imagem ativada pela Web.

    web_enabled_image1

  10. Salve o workflow.

  11. Para permitir que o PDF Rasterizer processe páginas PDF com bibliotecas PDF, abra o modelo DAM Process Subasset no console Workflow.

  12. No painel lateral, arraste a etapa Manipulador de rasterizador de PDF na etapa Criar representação de imagem ativada para a Web.

  13. Configure os seguintes argumentos para a etapa Manipulador de Rasterizador de PDF:

    • Tipos MIME: application/pdf ou application/postscript
    • Comandos: PDFRasterizer -d -s 1280 -t PNG -i ${file}
    • Adicionar tamanhos de miniatura: 319:319, 140:100, 48:48. Adicione a configuração personalizada de miniatura, conforme necessário.

    Os argumentos da linha de comando para o comando PDFRasterizer podem incluir o seguinte:

    • -d: Sinalizador para permitir uma renderização suave do texto, da arte-final vetorial e das imagens. Cria imagens de melhor qualidade. No entanto, incluir esse parâmetro faz com que o comando seja executado lentamente e aumente o tamanho das imagens.

    • -s: Dimensão máxima da imagem (altura ou largura). Isso é convertido em DPI para cada página. Se as páginas tiverem um tamanho diferente, cada página poderá ser dimensionada de forma diferente. O padrão é o tamanho real da página.

    • -t: Tipo de imagem de saída. Os tipos válidos são JPEG, PNG, GIF e BMP. O valor padrão é JPEG.

    • -i: Caminho para entrada de PDF. É um parâmetro obrigatório.

    • -h: Ajuda

  14. Para excluir representações intermediárias, selecione Excluir representação gerada.

  15. Para permitir que o PDF Rasterizer gere renderizações da Web, selecione Gerar representação da Web.

    generate_web_renditions

  16. Especifique as configurações na guia Imagem ativada pela Web.

    web_enabled_image-1

  17. Salve o workflow.

  18. Carregue um arquivo PDF ou um arquivo AI para Experience Manager Assets. O PDF Rasterizer gera as miniaturas e renderizações da Web para o arquivo.

Nesta página