Registro do Debug_trace

Use essas configurações do servidor para depurar o log de rastreamento.

OBSERVAÇÃO

É recomendável configurar todos os arquivos de log a serem gravados na mesma pasta de TC::directory. Isso garante que todos os arquivos de log do Servidor de Imagens participem da rotação automática do arquivo de log configurada com TC::maxDays, o que impedirá uma possível instabilidade do servidor devido a condições de espaço insuficiente em disco.

SV::log - Caminho do Arquivo de Log de Rastreamento do Supervisor do Servidor

Nome da pasta e do arquivo base para arquivos de log do Server Supervisor. O caminho pode ser absoluto ou relativo a install_folder. O Supervisor de Servidor anexará um hífen e a data atual ( -yyyy-mm-dd) ao nome do arquivo (antes do sufixo do arquivo, se houver). É recomendável enviar todos os arquivos de log para a mesma pasta que os arquivos de log do Servidor de Plataforma ( PS::LogFolder) para aproveitar o gerenciamento de arquivos de log implementado pelo Servidor de Plataforma ( PS::LogDays). O padrão é logs/Supervisor.log.

OBSERVAÇÃO

A nova pasta deve ser criada antes de alterar essa configuração. Verifique se as permissões de acesso estão definidas para que o Supervisor de Servidor tenha os privilégios de criação, leitura e gravação necessários.

SV::tracelevel - Nível de Log de Rastreamento de Supervisor de Servidor

O nível de log pode ser 1, 2, 3 ou 4. O padrão é 2.

IS::Log - Caminho do Arquivo de Log de Depuração do Servidor de Imagens

Nome da pasta e do arquivo base para os arquivos de log de rastreamento do Servidor de imagens. O caminho pode ser absoluto ou relativo a install_folder. O ImageServer anexará um hífen e a data atual ( -yyyy-mm-dd) ao nome do arquivo (antes do sufixo do arquivo, se houver). É recomendável enviar arquivos de log do Servidor de Imagem para a mesma pasta que os arquivos de log do Servidor de Plataforma ( PS::LogFolder) para aproveitar o gerenciamento de arquivos de log implementado pelo Servidor de Plataforma (consulte PS::LogDays).

OBSERVAÇÃO

A nova pasta deve ser criada antes de alterar essa configuração. Verifique se as permissões de acesso estão definidas para que o Serviço de imagem tenha os privilégios de criação, leitura e gravação necessários.

IS:TraceClient - Nível de Log de Depuração do Servidor de Imagens

O nível de log pode ser 1, 2, 3 ou 4 (o padrão é 2)

O Nível 1 registra os eventos relacionados às conexões de inicialização, desativação e Servidor da Plataforma.

O Nível 2 também registra a conexão e a desconexão das imagens de origem.

O Nível 3 adiciona o registro de solicitações de dados de pixel e o mesmo ao Servidor de plataforma.

O Nível 4 registra todas as mensagens recebidas do Servidor da Plataforma.

Os Níveis 3 e 4 devem ser usados apenas para fins de depuração, pois os arquivos de log podem se tornar muito grandes.

IS::TraceStatsInterval - Intervalo de Log de Estatísticas do Servidor de Imagem

O Servidor de Imagens grava estatísticas de memória em seu arquivo de log de rastreamento no intervalo especificado por essa configuração. O intervalo válido é de 5 a 86.400 segundos.

Nesta página