Rastrear atividade do visitante no conteúdo de mídia avançada em flash

Os sites arquitetados com o Flash exigem atenção especial em relação à captura de ações de visitantes realizadas dentro do conteúdo de mídia avançada.

Usando o ActionScript Flash, você pode fazer alterações simples em seus filmes existentes Flash para permitir o rastreamento de todas as interações do visitante com o filme, como cliques de botão ou movimentos do mouse.

Para facilitar o rastreamento da atividade do Visitante em seu filme Flash, siga as etapas listadas abaixo:

  1. Adicione o seguinte código de ActionScript ao seu filme. Este código representa uma função que pode ser chamada por eventos no filme Flash que você deseja rastrear.

    // FLASH TAG CODE BEGIN 
    var FLASHTAGURI = "[PATH_TO_WEB_SERVER]/flashtag.txt"; 
    function tag(PAGENAME,VARIABLES) { 
    loadVariablesNum(FLASHTAGURI+”?”+"PAGENAME="+PAGENAME+"&"+VARIABLES,0); 
    } 
    // FLASH TAG CODE END
    
  2. Crie um arquivo em branco chamado flashtag.txt e coloque o arquivo em seus servidores da Web.

  3. Na função na Etapa 1, substitua o espaço reservado [PATH_TO_WEB_SERVER] pelo caminho relativo totalmente qualificado para o local do arquivo flashtag.txt. Por exemplo:

    var FLASHTAGURI = http://www.mysite.com/flashtag/flashtag.txt”;
    
  4. Adicione o seguinte código de ActionScript a todos os eventos a serem rastreados. Este código representa uma chamada de função usada para capturar dados sobre o evento:

    on(release) {tag("[PUT_PAGE_NAME_HERE]","[PUT_ADDITIONAL_VAR_HERE]");}
    

    Este exemplo ilustra o uso do evento on(release); no entanto, a função tag() pode ser referenciada por meio de qualquer evento que você queira rastrear, como um evento on(press), on(rolover), on(rollout) ou on (keypress) .

    O espaço reservado [PUT_PAGE_NAME_HERE] deve ser substituído por uma string que representa o nome da página ou evento que você está rastreando. A variável [PUT_PAGE_NAME_HERE]pode ser modificada manualmente ou por meio de referência de variável para indicar um nome exclusivo para a página ou evento dentro do aplicativo Flash. O valor que substitui o espaço reservado [PUT_PAGE_NAME_HERE] pode consistir em um nome simples ou pode ser estruturado para representar uma estrutura hierárquica semelhante a um URI completo. Por exemplo:

    on(release) {tag(“/about_us/index.swf","[PUT_ADDITIONAL_VAR_HERE]");}
    

    A Adobe recomenda que, antes da implantação do código, você compile uma especificação escrita para nomes de página e nomes de evento para facilitar o alinhamento das necessidades comerciais e das tarefas de desenvolvimento e reduzir o potencial para ciclos de desenvolvimento adicionais.

  5. Se desejar, variáveis adicionais podem ser coletadas e associadas a páginas ou eventos no filme Flash. Para fazer isso, substitua o espaço reservado [PUT_ADDITIONAL_VAR_HERE] por um conjunto de pares name=value separados por um E comercial (&). Por exemplo:

    on(release) {tag(“/about_us/index.swf"," var1=value1&var2=value2");}
    

    As variáveis podem ser modificadas manualmente ou por meio de referência de variável para indicar atributos adicionais a serem coletados e associados à página ou evento. Se não houver variáveis adicionais aplicáveis para coletar, remova [PUT_ADDITIONAL_VAR_HERE].

    Sua configuração de rastreamento de visitantes no conteúdo de mídia avançada Flash agora está concluída. Quando o evento for chamado, a função tag (PAGENAME,VARIABLES) será chamada, resultando em uma solicitação HTTP sendo feita para o arquivo a seguir. Esta função será chamada além de outras funções que podem ser acionadas conforme definido no filme Flash:

    http://www.mysite.com/flashtag/flashtag.txt?PAGENAME=/about_us/index.swf&var1=value1&var2=value2
    

A solicitação HTTP resultante da função Flash Tag ActionScript resulta na coleta das seguintes informações em relação a cada evento no filme Flash. A última linha na tabela (W3C Name cs-uri-query) representa as informações coletadas para as variáveis adicionais especificadas na chamada de função.

Nome W3C Dados Coletados Explicação Exemplo
x-trackingid Identificador de rastreamento (visitante único) Identificador lido de um cookie colocado no navegador do usuário pelo Sensor na solicitação inicial do Visitante v1st=3C94007B4E01F9C2

Data

Hora

Carimbo de data e hora Hora em que a solicitação foi processada pelo servidor (com precisão de 100ns; a precisão depende do ambiente do servidor e do NTP) 2002-11-21 17:21:45.123
sc(content-Type) Tipo de conteúdo Tipo de objeto retornado do servidor Texto/html
sc-status Código de status de resposta HTTP Código numérico gerado pelo servidor que anota o status da resposta do servidor HTTP 200
cs-uri-stem Etapa URI A parte do sistema do URI solicitada pelo cliente /flashtag/flashtag.txt
c-ip IP do cliente Endereço IP do cliente requerente 127.0.0.1
s-dns Nome de domínio do servidor Nome do domínio do servidor da Web que processa a solicitação www.mysite.com
cs(referrer) URL de referência Conteúdo do campo do referenciador HTTP enviado pelo cliente
cs(user-agent) Agente do usuário Dispositivo usado para fazer uma solicitação ao servidor HTTP Mozilla/4.0+(compatível;+MSIE+6.0; +Windows+NT+5.1)
cs(cookie) Cookies do cliente do domínio Conteúdo de todos os cookies do usuário para o site

KL_TC1 1038058778312

KL972x1038058778312282052

KL_PVKL972 0

cs-uri-query String de consulta A parte da sequência de consulta, se houver, do URI solicitado pelo cliente PAGENAME=/about_us/index.swf&var1=value1&var2=value2

Nesta página