Propriedades do workflow

Guia Execution

A guia Execution da janela Properties em um workflow está dividida em três seções:

Scheduler

Esta seção só é exibida nos workflows da campanha.

  • Priority

    O mecanismo de workflow processa os workflows a serem executados com base no critério de prioridade definido neste campo. Por exemplo, todos os workflows com uma prioridade Average serão executados antes daqueles com prioridade Low.

  • Schedule execution for a time of low activity

    Essa opção adia o início do workflow para um período menos ocupado. Alguns workflows podem custar caro em termos de recursos para o motor do banco de dados. Recomendamos o agendamento da execução para uma hora de baixa atividade (à noite, por exemplo). Os períodos de baixa atividade são definidos no workflow técnico em Processes on campaigns.

Execução

  • Default affinity

    Se a sua instalação incluir vários servidores de workflow, utilize este campo para escolher a máquina em que o workflow será executado. Se o valor definido nesse campo não existir em nenhum servidor, o workflow permanecerá pendente.

    Consulte esta seção.

  • History in days

    As tabelas de trabalho do banco de dados mantêm um histórico de execuções (tarefas, eventos, log). Aqui você pode definir a quantidade de dias para o arquivamento deste workflow: o processo de limpeza excluirá os arquivos mais antigos uma vez por dia. Se o valor nesse campo for zero, o arquivo nunca será excluído.

  • Log SQL queries in the journal

    Essa operação é reservada para usuários avançados. Refere-se a workflows que contêm atividades de definição de metas (query, união, intersecção, etc.). Quando essa opção é marcada, as queries SQL enviadas ao banco de dados durante a execução do workflow são exibidas na Adobe Campaign: isso significa que você pode analisá-las para otimizar as queries ou diagnosticar problemas.

    Os queries são exibidos em uma guia SQL logs adicionada ao workflow (exceto workflows da campanha) e à atividade Properties quando a opção está habilitada. A aba Audit também inclui queries SQL.

  • Execute in the engine

    Essa opção só pode ser usada para depuração e nunca em produção. Quando estiver habilitado, o workflow terá prioridade e todos os outros fluxos serão interrompidos até a conclusão deste.

Gerenciamento de erros

  • Troubleshooting

    Este campo permite a definição das ações a serem tomadas se uma tarefa de workflow tiver erros. Há duas opções possíveis:

    • Stop the process: o workflow é pausado automaticamente. O status do workflow muda para Failed. Quando o problema for resolvido, reinicie o workflow usando os botões Start ou Restart.
    • Ignore: o status da tarefa que provocou o erro muda para Failed, mas o workflow mantém o status de Started. Essa configuração é relevante para tarefas recorrentes: se a ramificação incluir um programador, ela iniciará normalmente na próxima vez que o workflow for executado.
  • Consecutive errors

    Este campo fica disponível quando o valor Ignore for selecionado no campo In case of errors. Você pode especificar quantos erros podem ser ignorados antes que o processo seja interrompido. Após esse número ser alcançado, o status do workflow será alterado para Failed. Se o valor desse campo for 0, o workflow nunca será interrompido independentemente do número de erros.

  • Template

    Este campo permite que você selecione o template de notificação a ser enviado aos supervisores do workflow quando seu status for alterado para Failed.

    Os operadores envolvidos serão notificados por e-mail, se houver um endereço de e-mail em seu perfil. Para definir supervisores de workflow, vá até o campo Supervisor(s) das propriedades (guia General).

    O template padrão Notification to a workflow supervisor inclui um link para acessar o painel do Adobe Campaign pela Web para que o recipient possa trabalhar no problema quando estiver conectado.

    Para criar um template personalizado, vá para Administration>Campaign management>Technical deliveries and templates.

Nesta página