Ativação para o Facebook Custom Audiences

Assimile dados de clientes de várias fontes para criar uma única visualização de perfil do cliente, segmente esses perfis para criar públicos para iniciativas de marketing e personalização e compartilhe esses públicos com redes de anúncios sociais, como o Facebook, para promover campanhas direcionadas e de personalização voltadas para eles.

Casos de uso

  • Direcionamento de públicos para públicos conhecidos em destinos sociais e de publicidade.
  • Personalização online com atributos online e offline.

Aplicativos

  • Real-time Customer Data Platform

Arquitetura

Arquitetura de referência para ativação do Facebook Custom Audience

Etapas de implementação

  1. Configure os Namespaces de identidade a serem usados nas fontes de dados do Perfil.
    • Use namespaces prontos, como os de Email ou hash de Email SHA256, quando disponíveis.
    • O Facebook tem uma lista de identidades compatíveis. Para ativar públicos personalizados do Facebook, os perfis a serem ativados devem apresentar uma das identidades compatíveis.
    • Atualmente, as seguintes identidades são compatíveis com o Facebook: GAID, IDFA, phone_sha256, email_lc_sha256 e extern_id.
    • Para mais detalhes, consulte o Manual de destino do Facebook.
    • Crie namespaces personalizados quando não houver namespaces prontos disponíveis para as identidades aplicáveis.
  2. Configure esquemas e conjuntos de dados da fonte de dados do Perfil.
    • Crie esquemas de registro de Perfil para todos os dados de origem do registro de perfil.
      • Especifique a identidade principal e as identidades secundárias de cada esquema.
      • Habilite o esquema para assimilação de perfil.
    • Crie conjuntos de dados de registro de Perfil para todos os dados de origem do registro de perfil, atribuindo o esquema associado.
      • Habilite o conjunto de dados para assimilação de perfil.
    • Crie esquemas do Experience Event do Perfil para todos os dados de origem de perfil baseados em série temporal.
      • Especifique a identidade principal e as identidades secundárias do esquema.
    • Habilite o esquema para assimilação de perfil.
    • Crie conjuntos de dados do Experience Event de Perfil para todos os dados de origem de evento de experiência de perfil, atribuindo o esquema associado.
      • Habilite o conjunto de dados para assimilação de perfil.
  3. Assimile os dados de origem usando um conector de origem no conjunto de dados associado configurado acima.
    • Configure a conta do conector de origem com credenciais.
    • Configure um fluxo de dados para assimilar os dados do local do arquivo ou pasta de origem com um cronograma especificado para o conjunto de dados.
    • Mapeie os campos a partir dos dados de origem para o esquema de destino.
    • Transforme os eventuais campos, passando-os para o formato correto de assimilação na Experience Platform.
      • Transformações de data
      • Transforme em minúsculas quando apropriado - como em endereços de email
      • Transformações de padrão (de número de telefone, por exemplo)
      • Adicione IDs de registro exclusivos aos registros de eventos de experiência se não os houver nos dados de origem.
      • Transforme os campos do tipo de mapa e matrizes para garantir o mapeamento e a modelagem de matrizes e mapas corretos para a segmentação na Experience Platform.
  4. Configure a Política de mesclagem de perfis de modo que garanta a configuração correta do gráfico de identidade e os conjuntos de dados que devem ser incluídos na mesclagem de perfis.
  5. Após a execução dos fluxos de dados, verifique se a assimilação de dados do perfil foi concluída com sucesso e sem erros.
    • Examine o gráfico de identidade de vários perfis para garantir o processamento correto dos relacionamentos de identidade.
    • Examine os atributos e eventos de vários perfis para garantir a assimilação correta de atributos e eventos aos perfis.
  6. Desenvolva segmentos para criar públicos de perfil
    • Crie segmentos no construtor de segmentos usando regras para atributos e eventos.
    • Salve o segmento para avaliação. Os segmentos serão avaliados de acordo com o cronograma especificado uma vez por dia.
      • Se as regras de segmento estiverem qualificadas para a segmentação de transmissão, o segmento será avaliado conforme novos dados de transmissão sejam assimilados aos perfis. Os segmentos de transmissão também são avaliados uma vez por dia durante a segmentação em lote programada.
  7. Certifique-se de que os resultados do segmento sejam os esperados.
    • Analise a contagem de resultados do segmento para os segmentos em questão.
    • Apure o perfil que deve ser incluído no segmento para verificar se a associação de segmento está incluída na parte de associação de segmento do perfil.
  8. Configure a entrega do público ao destino na configuração de Destino.
    • Consulte o Manual de destino do Facebook para obter mais detalhes sobre como configurar o Destino do Facebook.
    • Ao configurar um destino, selecione o público que deseja ativar para o destino.
    • Defina a data inicial programada na qual deseja que o fluxo de dados do destino comece a entregar o público ao destino.
    • Para cada destino são enviados atributos obrigatórios e opcionais.
      • Para o Facebook, deve ser incluída uma das identidades obrigatórias, a qual é usada para combinar os perfis nos públicos da Experience Platform com um perfil que possa ser direcionado pelo Facebook.
    • Também é especificado para cada destino um tipo de entrega, que pode ser tanto de transmissão como em lote, baseado em arquivo ou de carga JSON.
      • As associações de público para Facebook são fornecidas de forma contínua a um endpoint do Facebook no formato JSON.
      • As associações de público são entregues de forma contínua após a avaliação por segmentação de transmissão ou em lote na Experience Platform.
  9. Verifique se o fluxo de destino entregou o público ao destino conforme esperado.
    • Verifique a interface de monitoramento para confirmar se o público foi entregue com o número de perfis esperado. O tamanho do público deve refletir o número esperado de perfis ativados. Observe que destinos específicos, como o Facebook, exigem determinados campos, tais como uma identidade de hash de email; e, se esses campos não estiverem presentes em um perfil que é membro do público, o perfil não é ativado no destino.
    • Verifique se foram ignorados perfis referentes a identidades de perfil ou atributos obrigatórios que estejam faltando.
    • Verifique se há outros erros que precisem ser resolvidos.
  10. Verifique se o público foi ativado para o destino final com o número esperado de membros.
    • Faça logon no portal Facebook Custom Audience para verificar se o público da Real-time Customer Data Platform foi entregue e se a taxa de correspondência dos perfis no público do Facebook se assemelha razoavelmente ao número de perfis no público da Real-time Customer Data Platform.

Medidas de proteção

Medidas de proteção de perfil e de segmentação

Documentação relacionada

Ativação para o Facebook Custom Audiences - Configuração de destino

Nesta página