Macros de modelo de saída

Lista as macros que podem ser usadas para criar modelos de saída. Elas incluem macros de nome de arquivo, macros de cabeçalho e macros de conteúdo.

Macros de nome de arquivo e cabeçalho de arquivo

A tabela lista e descreve as macros que podem ser usadas no nome do arquivo e para definir campos de cabeçalho. Para obter exemplos de código, consulte Exemplos de macro desaída.

Macro Descrição

ASCII_SOH

Um caractere ASCII não imprimível. Indica o start de uma linha ou de uma seção de conteúdo. Também pode ser usado para separar colunas de dados em um arquivo.

DPID

ID do provedor de dados.

MASTER_DPID

ID do provedor de dados da chave de ID do usuário.

NEW_LINE

Permite a criação de cabeçalhos de várias linhas para ordens de saída.

ORDER_ID

ID do pedido / de destino.

PID_ALIAS

Um alias para uma ID de pedido/destino.

O alias é definido na interface do usuário do administrador.

SPLITNUM

Indica a divisão de arquivos de saída em várias partes. Substitua a seção SPLITNUM no nome do arquivo pelo número de peça precedido de zeros, garantindo no mínimo três caracteres para a seção SPLITNUM.

A macro SPLITNUM não precisa ser cercada por caracteres <>.

Exemplo: <SYNC_TYPE>_<ORDER_ID>_<DPID>_<SYNC_MODE>_<TIMESTAMP>SPLITNUM.csv

s3_123456_9999_full_1566906141001.csv

s3_123456_9999_full_1566906141002.csv

s3_123456_999_full_1566906141003.csv

Os três últimos dígitos (001.002.003) nos exemplos acima são os identificadores SPLITNUM.

SYNC_MODE

Indica o tipo de sincronização e inclui:

  • full : Sincronização completa.
  • iter : Sincronização incremental.

SYNC_TYPE

Indica o método de transferência de dados e inclui:

  • ftp
  • http
  • s3

TAB

Usada como separador, essa macro insere uma guia entre os campos.

TIMESTAMP

Um carimbo de data e hora de 10 dígitos, UTC, Unix.

Ele também pode ser formatado como <TIMESTAMP; format="YYYYMMDDhhmmss"> segue as regras de formatação de data/hora do Java.

Macros de conteúdo

Macros usadas para formatar o conteúdo de um arquivo de dados. Para obter exemplos de código, consulte Exemplos de macro desaída.

Macro Descrição

CLOSE_CURLY_BRACKET

Insere um } caractere colchete fechado.

DP_UUID

Identificador de usuário exclusivo do provedor de dados .

Essa é a ID do parceiro de dados para o qual você envia dados em um arquivo externo.

DP_UUID_LIST

Retorna uma lista que contém várias IDs para um parceiro de dados. Isso é útil se você tiver uma organização grande com várias subdivisões ou outros grupos organizacionais com os quais você pode compartilhar dados. Essa macro retorna uma lista das IDs para esses grupos secundários.

DPID

ID do provedor de dados.

DPUUIDS

A saída dessa macro mapeia a ID do provedor de dados (DPID) para IDs de usuário exclusivas relacionadas (DPUUID). Essa macro deve ter uma string de formatação para controlar sua saída. A saída da amostra seria semelhante ao seguinte:

"dpids=dpid1,dpid2,...dpid n|maxMappings= n|format=json"

A maxMappings configuração determina quantos mapeamentos você deseja que a macro retorne. Quando maxMappings=0 , essa macro retorna todos os mapeamentos para cada DPID especificado. Os dados são classificados por carimbo de data e hora (o mais recente primeiro) e retorna os resultados com o maior carimbo de data e hora primeiro.

if(SEGMENT_LIST && REMOVED_SEGMENT_LIST)endif

Essa combinação de macros cria uma declaração condicional que lista os segmentos aos quais os usuários pertencem e dos quais foram removidos. Retorna uma string vazia se ambas as condições não forem atendidas ou não houver dados.

MCID

Adobe Experience Cloud ID.

OPEN_CURLY_BRACKET

Insere um { caractere de colchetes aberto.

OPT_OUT

Obsoleto. Não utilizar.

ORDER_ID

ID do pedido ou de destino.

OUTPUT_ATTRIBUTE_TYPE

Obsoleto. Não utilizar.

OUTPUT_ATTRIBUTE_VALUE

Retorna 1 como um valor estático codificado.

PID

ID do parceiro.

PIDALIAS

Um alias para uma ID de pedido/destino.

O alias é definido na interface do usuário do administrador.

REMOVED_SEGMENT_LIST

Retorna uma lista de segmentos, se houver, que foram removidos.

SEGMENT_LIST

Retorna uma lista de segmentos em uma lista. Aceita os seguintes argumentos opcionais:

  • segmentId : ID do segmento. Obsoleto. Use sid .
  • csegid : ID do segmento do cliente. Obsoleto. Use sid .
  • sid : ID do segmento
  • type : Retorna 5 , um valor estático codificado que identifica dados como dados de segmento.
  • alias : Obsoleto. Não utilizar.
  • lastUpdateTime : Um carimbo de data e hora Unix que indica a última vez que um segmento foi realizado.

Coloque essas variáveis entre chaves após a macro. Por exemplo, esse código separa os resultados com um caractere de barra vertical "|": <SEGMENT_LIST:{seg|<seg.type>,<seg.sid>}; separator=",">

SET_ATTRIBUTES

Retorna 1 , como um valor estático codificado.

SYNC_MODE

Indica o tipo de sincronização e inclui:

  • full : Sincronização completa.
  • iter : Sincronização incremental.

SYNC_TYPE

Indica o método de transferência de dados e inclui:

  • ftp
  • http
  • s3

TAB

Usada como separador, essa macro insere uma guia entre os campos.

TRAIT_LIST

Retorna uma lista de características. Aceita os seguintes argumentos opcionais:

  • type : Identifica os tipos de características por ID numérica. Devoluções:
    • 10 que identifica uma característica do DPM (offline, integrada por uma tarefa de entrada).
    • 3 que identifica uma característica baseada em regras (em tempo real, integrada pelo DCS).
  • traitId : ID da característica.
  • lastRealized : A última vez que o traço foi realizado. Carimbo horário único.

Coloque essas variáveis entre chaves após a macro. Por exemplo, esse código separa os resultados com um caractere de barra vertical "|": <TRAIT_LIST:{trait|<trait.Id>,<trait.lastRealized>};separator=","

UUID

ID de usuário do Audience Manager.

Nesta página