Práticas recomendadas

A seguir você encontra algumas das práticas recomendadas para processamento e entrega de feed de dados.

  • Certificar-se de comunicar quaisquer picos de tráfego previstos antecipadamente. A latência afeta diretamente o tempo de processamento dos feeds de dados. Consulte Agendar um pico de tráfego no Guia do usuário do Administrador.

  • Os feeds de dados não contêm um contrato de nível de serviço, a menos que explicitamente declarado em seu contrato com a Adobe. Normalmente, os feeds são entregues dentro de várias horas após a janela do relatório ser aprovada. No entanto, ocasionalmente pode levar até 12 horas ou mais.

  • Verificar se há espaço suficiente no site do FTP. Remova arquivos do destino regularmente para que não fique sem espaço em disco.

  • Os feeds por hora que usam vários processos de entrega de arquivos são os mais rápidos. Considere o uso de vários feeds de arquivo por hora se uma entrega em tempo hábil for uma prioridade alta da organização.

  • Se estiver usando sFTP, não leia nem exclua arquivos com um sufixo .part. O sufixo .part indica que o arquivo foi parcialmente transferido. Depois que o arquivo é transferido, o sufixo .part desaparece.

  • Se você automatizar o processo de ingestão de feed, considere que as ocorrências e os arquivos poderão ser transferidos mais de uma vez. O processo de ingestão de feed precisa lidar com ocorrências e arquivos duplicados sem causar erros nem duplicar dados. Recomendamos usar a combinação das colunas hitid_high e hitid_low para identificar uma ocorrência de maneira exclusiva.

    Em casos raros, você pode ver valores hitid_high e hitid_low duplicados. Se isso acontecer, confirme se o arquivo não foi enviado e processado anteriormente. Se apenas algumas linhas em um arquivo estiverem duplicadas, considere adicionar visit_num e visit_page_num para ajudar a determinar a exclusividade.

Nesta página